Header Ads

Antiga sede do MTE vai abrigar centro de inovação em Juazeiro do Norte


A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Inovação (Sedeci) de Juazeiro do Norte planeja criar o Centro Regional de Inovação e Empreendedorismo (Crie) no Município. A iniciativa tem o objetivo de contribuir com o desenvolvimento do Cariri em seis frentes: econômica, científica, ambiental, educacional, social e cultural. O Crie funcionará, por meio de estruturação e gestão sustentável, como um ambiente de negócios capaz de potencializar as atividades de pesquisa científica e tecnológica, introdução de inovações, bem como criar e consolidar empreendimentos de pesquisas científicas e tecnológicas, novas tecnologias, produtos e processos. 

“Esse objetivo retrata a necessidade de nós não apenas prevermos o futuro, mas criá-lo. Escutamos falar sobre carros autônomos, carros voadores, novas tecnologias, smart cities e tantas outras tecnologias que estão chegando de todo o mundo. Alguns acreditam ou pensam que isso não é para nós, não é nossa realidade ou que ainda demora a acontecer. Mas não é assim. A tecnologia está batendo às portas e vai entrar com ou sem a nossa permissão”, considera a professora da Universidade Regional do Cariri (Urca),Geane Sidrim, coordenadora de Desenvolvimento Sustentável do Geopark Araripe. 

Ainda segundo a educadora, o Crie vai possibilitar às instituições de ensino superior o desenvolvimento de novas tecnologias que resultem no progresso econômico do Cariri. Segundo o titular da Sedeci, Michel Araújo, o equipamento contará com recepção, biblioteca, coworking, cafeteria, salas multiuso, de reuniões e de startup, laboratório de informática, entre outras instalações. “Será um centro de inovações todo moderno”, conta o gestor. 

O equipamento será construído na antiga sede do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), na Avenida Castelo Branco. O prédio será reformado e mobiliado por uma revendedora de peças automotivas como contrapartida ao recebimento de um terreno a ser doado pelo Município de Juazeiro do Norte. A empresa almeja criar um centro de distribuição de peças com objetivo de reduzir fretes de compradores do Cariri. O projeto conta, ainda, com parcerias da Universidade Federal do Cariri (UFCA) e CDL de Juazeiro. 

(Fonte: Jornal do Cariri)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.