Header Ads

Barragem Lima Brandão transborda em Granja; situação traz preocupação a famílias

As águas da Barragem Lima Brandão, em Granja, transbordaram no último sábado (11). FOTO: Nilo Tavares
Com as chuvas de pré-estação mais intensas nos últimos dias, moradores de Granja, na região Norte do Ceará, presenciaram a Barragem Lima Brandão transbordando no último sábado (11). Em imagens enviadas a reportagem, é possível observar o bom aporte hídrico, visão que anima parte dos moradores do Município, mas que também gera preocupação em famílias que moram no entorno. 

“Até sábado, ela não tinha sangrado de jeito nenhum. Devido às fortes chuvas na região de Moraújo  e Coreaú, a água chegou com uma intensidade grande aqui e lavou a barragem”, comemora o morador e fotógrafo, Nilo Tavares. Por outro lado, famílias que vivem no entorno do equipamento sofrem "sempre" que as águas do reservatório transbordam, lembra.

“O pessoal vai construindo as casas na área de risco, ao lado do rio, e quando o reservatório enche a água acaba invadindo as casas”, lamenta o morador.

Em abril do ano passado, pelo menos 50 famílias que moravam no entorno do Rio Coreaú tiveram que deixar suas casas por conta do aumento de água observado na barragem. Na ocasião, os bairros Barrocão e Lagoa Grande foram os mais afetados.

Tentamos contato com a Defesa Civil de Granja para saber a atual situação das famílias, mas até o fechamento da matéria não tivemos resposta. 

Cartão postal 
A Barragem Lima Brandão foi construída em 1890 e ao lado da ponte metálica figura como o principal cartão postal da cidade. O reservatório recebe água de rios e córregos da região entre Granja e Coreaú. A maior fonte fluvial do equipamento é o riacho Mororó. 

Os açudes Gangorra e Itaúna - os dois reservatórios que abastecem o Município, estão com situação hídrica estável. As capacidades registradas, segundo a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), são de 71,01 % e 71,12 %, respectivamente.

Aporte 
A resenha diária disponibilizada pela Cogerh nesta segunda-feira (13) aponta que foram registrados aportes em 29 açudes cearenses nas últimas 24 horas. Os destaques são os reservatórios Araras, Ayres de Sousa, General Sampaio, Jaburu I, Pentecoste e Taquara. Além disso, o aporte hídrico permitiu que o açude Santo Antônio, no município de Russas, deixasse o volume morto. Segundo o órgão, o Estado passa a ter 93 reservatórios com volume abaixo de 30% e apenas o Germinal acima de 90%.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.