Header Ads

Com salários de até R$ 4,2 mil, Assembleia Legislativa abre 36 vagas em seleção pública

A seleção deverá atrair profissionais de 12 áreas. FOTO: José Leomar
A Assembleia Legislativa do Ceará abriu seleção pública para profissionais de 12 áreas com 36 vagas. Os salários variam de R$ 2,4 mil a R$ 4,2 mil. As informações foram publicadas no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (9). As vagas serão preenchidas para os cargos de assistente social; educador físico; enfermeiro; fisioterapeuta; fonoaudiólogo; médico neuropediatra; pediatra, psiquiatra infantil; musicoterapeuta; psicólogo; psicopedagogo; e terapeuta ocupacional. 

É exigida a especialização dos candidatos nas respectivas áreas, além, claro, do diploma de graduação. As jornadas de trabalho são de oito horas semanais, para médicos, 30 horas semanais para enfermeiro e de 20 horas semanais para as demais funções. 

Os profissionais irão compor a equipe do Projeto Mundo Azul do Autismo, voltado para pessoas com Transtorno Espectro Autista (TEA), que será desenvolvido pela Casa. 

Inscrições 
Para se inscrever, os interessados deverão entregar, pessoalmente, ou por procuração autenticada, o currículo e a comprovação de títulos no 5º andar do anexo II da Assembleia Legislativa (Rua Barbosa de Freitas, 2674, bairro Dionísio Torres), entre 9h e 12h. Além disso, é necessário apresentar xerox da identidade, do CPF; declaração de quitação eleitoral, diploma, registro profissional, comprovante de endereço e de experiência. As inscrições poderão ser feitas a partir da próxima segunda-feira (13) até o dia 17 deste mês. 

Processo seletivo 
O processo seletivo será divido em duas etapas. A primeira é a análise curricular, títulos e dos demais documentos - cujo resultado deve sair entre os dias 21 e 22 deste mês. Já a segunda etapa será entrevista com a equipe da Comissão Especial de Avaliação, a ser realizada no dia 27 de janeiro. 

O resultado final será divulgado no site da Assembleia Legislativa, no dia 31 deste mês. Além deste processo seletivo, a Casa ainda deve abrir um concurso com 100 vagas neste ano. 

Comissão Especial 
A seleção será realizada pela Comissão Especial de Avaliação, composta por um representante do Núcleo de Tratamento e Estimulação Precoce (Nutep), da Universidade Federal do Ceará (UFC); um professor da Universidade de Fortaleza (Unifor), vinculado ao Núcleo de Atenção Médica Integrada (Nami); um representante da Procuradoria-Geral da Assembleia Legislativa do Ceará; um representante do Departamento de Saúde da Assembleia; um representante do Departamento de Administração da Assembleia.                                             (Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.