Header Ads

'Quando eu vi realmente que ele ia me matar, resolvi pular do carro', diz mulher que foi feita refém por ex-marido no Ceará


A mulher feita refém pelo ex-marido que causou um acidente na rodovia federal BR-222, em São Gonçalo do Amarante, na Grande Fortaleza, nesta quarta-feira (15), afirmou em entrevista ao G1 que se jogou do carro em movimento porque imaginou que ia ser morta pelo ex-companheiro, já que ele tinha feito ameaças contra ela. O suspeito e outras duas pessoas que estavam em um carro que foi atingido pelo suspeito durante a fuga morreram na colisão. 

"Quando eu vi realmente que ele ia me matar com a faca, ele me cortou, né, na barriga. Ele ameaçando que ia me matar se viesse polícia", relata Maria de Fátima Xavier.

"Quando eu vi a viatura pelo retrovisor, eu pensei: 'eu vou morrer de qualquer jeito', então eu resolvi pular do carro. Aí, quando eu pulei, mais à frente teve um acidente", disse. 

Francisco Valdeci da Silva, de 50 anos, invadiu a casa dos pais de Maria de Fátima, em Pentecoste, no Ceará, e ameaçou matar a ex-mulher e a família dela. O suspeito chegou a esfaquear a mãe de Maria de Fátima, de 80 anos, e tentou agredir uma criança, até que a ex-mulher conseguiu se desvencilhar e sair com ele no carro.

Idosa esfaqueada 
"Ele invadiu a casa dos meus pais aqui pela cozinha e lesionou minha mãe, que tem 80 anos. Meu pai, que tem 90, estava deitado na cozinha. Por volta das 2h da madrugada ele disse que se eu não fosse com ele, ele ia matar todo mundo aqui dentro de casa. Aí eu disse: 'não, não precisa. Deixa a minha família em paz que eu vou com você'. Aí eu fui com ele. Aí dentro do carro ele ia me batendo direto, dizendo que se viesse polícia atrás ele ia me matar e ia se matar também", relata. 

A vítima e o suspeito passaram seis anos juntos, afirma Maria de Fátima. Segundo ela, o relação deles terminou há dois meses por causa das atitudes violentas do ex-marido. 

Fuga 
Conforme o delegado Vitor Piona, da delegacia de Pentecoste, a Polícia Militar foi acionada por volta das 2h40 pelos vizinhos de Maria de Fátima. Após buscas, os policiais encontraram Francisco Valdeci da Silva empreendendo fuga na BR-222 com a ex-mulher feita refém dentro do carro. Após Maria de Fátima saltar do veículo em movimento, o suspeito fez uma conversão e acabou colidindo com um outro veículo que trafegava pela outra via. Ele, o motorista e a passageira do banco da frente do outro carro morreram.                      (G1 CE)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.