Header Ads

Reunião em Juazeiro do Norte discute tornar ‘pau de arara’ como Patrimônio Cultural Imaterial


Pau de arara, o tradicional veículo de transporte do Nordeste, bem como de Juazeiro do Norte, sempre foi uma atração para os turistas e romeiros que visitam a Terra de “Padim Ciço”. Mesmo envolto em várias questões quanto a liberação de circulação deste, principalmente quanto a segurança do veículo, o meio de transporte tão popular poderá se tombado como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil, por intermédio da Pastoral de Romarias. 

Isto porquê nesta segunda-feira (6), será realizada uma reunião no Círculo Operário São José, na Basílica Menor de Nossa Senhora das Dores em Juazeiro do Norte, onde será pautado o debate sobre o Projeto de Lei nº 3643/2015. Este pretende declarar a tradição do uso do “pau de arara” como Patrimônio Cultural Imaterial brasileiro, com a finalidade das romarias religiosas. 

A reunião será conduzida pela Pastoral de Romaria dos Santuários de Juazeiro do Norte. O deputado federal José Nobre Guimarães (PT), autor do Projeto, deve se juntar a outros membros da Comissão composta por representantes de diversos setores envoltos às romarias, como os próprios motoristas, proprietários de ranchos, pousadas e hotéis, coordenadores de romarias, agentes da pastoral e lideranças políticas dentro da Câmara, assim como também representantes da Pastoral de Romaria de Canindé, no Ceará.

“Para as romarias, este modelo de transporte prevalece até hoje, sendo considerado parte do processo, envolvendo toda uma mística, uma vez que o percurso é permeado de cânticos e orações, num clima de preparação para as atividades na Basílica. O pau de arara se consolidou como parte integrante da cultura nordestina, notadamente para a realização das romarias a Juazeiro do Norte, no Ceará, e ao Bom Jesus da Lapa, na Bahia que, juntas, movimentam 4,3 milhões de pessoas ao ano”, justifica o deputado Guimarães.

Proibição do tráfego 
A utilização de veículos tipo “pau de arara” para transporte de passageiros segue proibida no Ceará. A decisão, da 1ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), negou pedido da Associação Estadual dos Prestadores de Serviço de Transporte de Passageiro Coletivo Rural (Aprestrancir). 

O tráfego desses carros foi proibido por lei desde 2016, e algumas manifestações contrárias dos fiéis ocorrem durante estes anos para permitir a circulação de alguns veículos. Alguns romeiros repetem essa tradição de fé sentem falta dos carros paus de arara na cidade. 

Serviço 
Reunião para discutir o pau de arara como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil 
Data: 06 de janeiro 2020 
Local: Círculo Operário São José – Basílica Menor de Nossa Senhora das Dores – Juazeiro do Norte/CE 
Horário: 10h

(Fonte: Site Badalo)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.