Header Ads

População de Juazeiro precisa madrugar para ser atendida na Casa do Povo


O atendimento na Casa do Povo de Juazeiro tem início às 7h30. Mas quem precisa de algum serviço oferecido pelo local, tem que madrugar. Com um número de senhas restrito e sem agendamento prévio pela internet, muita gente enfrenta o frio da madrugada, o risco de assaltos e o sol quente pela manhã, até o portão da Casa do Povo abrir e finalmente ser atendido. A população solicita que o número de senhas seja ampliado, novos funcionários contratados e que um sistema de agendamento on-line seja implantado para facilitar a vida daqueles que precisam utilizar o serviço. 

Francisco Jocélio da Silva teve que acordar a esposa e os filhos de madrugada, para conseguir tirar a carteira de identidade dos filhos. “Muitas escolas estão exigindo o documento, então a gente tem que se sujeitar a trazer os nossos filhos de madrugada para a fila. Eu trabalho como padeiro, mas vou chegar atrasado porque precisei vir com as crianças para tirar os documentos. Eu acho um descaso muito grande. A gente fica aqui, de madrugada, tendo que enfrentar o frio e correndo o risco de ser assaltado”, desabafa Francisco Jocélio da Silva. 

A aposentada Maria Nilce conta que há dois dias tenta conseguir uma senha para emitir uma nova carteira de identidade. “Eu vim ontem e não deu certo. Hoje cheguei aqui três horas da manhã, estava escuro ainda e sem praticamente ninguém na rua”, relata Maria Nilce. “Eu moro em Várzea Alegre, mas lá não tem material para fazer e a gente tem que vir para Juazeiro. De madrugada, eu tomei um café e vim, porque se chegar tarde não tem mais senha. São só 30 senhas por dia”, relata o aposentado Atão Ferreira de Souza. 

Em nota, a Secretaria de Desenvolvimento Social e Trabalho (Sedest) de Juazeiro do Norte informou que, em breve, fará a implantação de um sistema de agendamento on-line para evitar filas e otimizar o atendimento oferecido pela Casa do Povo. Com relação às senhas, a quantidade disponibilizada visa oferecer um atendimento de qualidade à população. A Sedest informa, ainda, que está em negociação para ampliar o atendimento de forma organizada e que os mesmos serviços são oferecidos no Vapt-Vupt.                   (Fonte: Jornal do Cariri)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.