Header Ads

Governo do Ceará estuda medidas para atender população mais vulnerável durante pandemia


O governador Camilo Santana (PT) declarou, em live no Facebook na noite deste sábado (21), que planeja estratégias de auxílio à população em vulnerabilidade no Ceará. Segundo ele, a equipe econômica do governo está formulando medidas para serem postas em prática visando trabalhadores autônomos que terão a renda comprometida em razão da pandemia de coronavírus. 

"Estamos trabalhando medidas que anunciaremos em breve em relação a um cuidado importante que teremos da população mais vulnerável do estado do Ceará. São aqueles mais pobres, trabalhadores autônomos que não têm renda, que precisam trabalhar para ter uma renda", declara. 

Além disso, o governo trabalha também para que não ocorra o desabastecimento de água, principalmente para esta parcela da população. 

Outro ponto anunciado pelo governador são reuniões marcadas também para esta semana com os ministros da Saúde, Luiz Mandetta, e da Economia, Paulo Guedes. "Vamos discutir medidas a médio e longo prazo que serão tomadas. Do ponto de vista da economia, a situação que vai ficar na economia e proteger o máximo possível os setores no estado e no Brasil, e na saúde para ver as decisões que serão tomadas para esta pandemia", pontua. 

Novos casos 
O Ceará registrou 84 casos confirmados de coronavírus, de acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), publicado no fim da tarde deste sábado (21). Até sexta (20), o estado tinha 68 casos. A quantidade de suspeitos e os casos descartados não são mais divulgados pelo governo. 

As cidades com pessoas infectadas são: Aquiraz (4), Fortaleza (76), Fortim (1), Juazeiro do Norte (1) e Sobral (1). Também há um caso de um paciente de São Paulo, que foi diagnosticado com a doença no Ceará. Os novos casos que surgiram, de sexta (20) para sábado (21), foram em Aquiraz, com 3 novos diagnósticos, e Fortaleza, com mais 13 pessoas com a Covid-19. 

Um levantamento preliminar da Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covis), da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Fortaleza, revelou que o novo coronavírus chegou a pelo menos 19 dos 121 bairros da capital. O número corresponde a 15,7% dos bairros da cidade e indica aqueles que confirmaram pelo menos uma ocorrência.                     (G1 CE)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.