Header Ads

Coronavírus: Ceará registra 450 mortes e tem 7.409 casos


O número de óbitos decorrentes da Covid-19 - a infecção provocada pelo novo coronavírus - subiu de 441 para 450 no Estado, em pouco mais de três horas, conforme a última atualização da plataforma digital IntegraSUS, da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), ocorrida às 17h18 desta quarta-feira (29). A taxa de letalidade é de 6,1%.

Os óbitos estão distribuídos em, pelo menos, 48 municípios cearenses até a tarde desta quarta-feira. Fortaleza continua sendo o epicentro de contágio no Ceará, registrando 5.712 infectados e 349 mortes em razão do novo coronavírus. A Sesa ainda anota 141 óbitos suspeitos da Covid-19.

Casos confirmados 
O número de casos confirmados também subiu. Às 14h27, o Ceará registrava 7.267 testagens positivas para a infecção, em três horas, a quantidade subiu para 7.409. As confirmações se distribuem em 141 municípios cearenses. 

Além disso, foram registrados 25.017 exames realizados pelos laboratórios cearenses, e 21.598 casos continuam sendo investigados pelas autoridades sanitárias. 

Ceará tem 65 bebês infectados 
Dos diagnósticos positivos para o novo coronavírus no Ceará, 65 são de bebês de até um ano de idade, conforme boletim epidemiológico divulgado na tarde desta quarta-feira (29) pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesa). O número diz respeito até as 16h desta terça-feira (28), quando havia 6.982 infectados confirmados no estado. 

Do total de crianças nessa faixa etária, foram 28 meninos e 37 meninas contaminados pelo vírus. Foi necessário hospitalizar nove desses bebês, sendo cinco do sexo feminino e quatro do sexo masculino. 

Houve ainda a morte de uma bebê de três meses, em Iguatu, no dia 6 de abril. Até então, a criança foi a vítima mais jovem da Covid-19 no Brasil.

A maioria dos pacientes confirmados com a enfermidade têm entre 20 e 49 anos de idade, totalizando 3.663 diagnósticos positivos até o momento da análise, correspondendo a 52,3% dos casos. 

A maior incidência, contudo, encontra-se na faixa acima de 70 anos. São 293,4 casos por 100 mil habitantes no sexo masculino e 218,4 casos por 100 mil habitantes no sexo feminino.                 (Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.