Header Ads

Estátua de Padre Cícero em Maracanaú ganha máscara para destacar importância de proteção à Covid-19

Estátuas localizadas na rotatória na Avenida VI alertam para necessidade de prevenção diante da pandemia de Covid-19. FOTOS: Kid Junior
Com nove óbitos, 109 casos confirmados e 325 suspeitos de infecção pelo novo coronavírus, o município de Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), é o terceiro mais afetado pela Covid-19 no Ceará, conforme boletim epidemiológico da plataforma integraSUS, atualizado às 18h desta sexta-feira (24). Como símbolo de prevenção a ser seguido, a estátua de Padre Cícero, uma das referências de cidade, passa a exibir uma máscara protetora.

A proposta é chamar atenção para a importância da adoção do distanciamento social e de proteção individual para frear o avanço da doença. Conforme o secretário de Saúde, Torcápio Vieira, a expectativa é que as medidas de isolamento social sejam, cada vez mais, cumpridas pelos moradores. “O distanciamento é necessário. Sem ele, como existem pessoas infectadas assintomáticas, é óbvio que a transmissão do vírus tende a se acentuar”, explica.



A cidade conta com uma Unidade de Atendimento Básico (UAB) para atender casos de menor gravidade e os pacientes com sintomas mais severos são recebidos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e no Hospital Municipal. "São 64 equipes da saúde da família distribuídas em 20 unidades básicas de saúde. Isso faz com o que tenhamos uma cobertura da atenção primária de saúde em torno de 90 a 95%. Além disso, implantamos 18 leitos, sendo cinco para Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 13 clínicos", detalha o secretário de Saúde. 

Ainda de acordo com a secretaria, o município adquiriu 5 mil testes rápidos para detecção da Covid-19 e vem adotando estratégia de barreiras sanitárias em veículos, equipamentos de saúde, nas residências e imediações das pessoas notificadas com o vírus.                          (Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.