Header Ads

Vendedor ambulante improvisa garrafa pet para se proteger contra doença em Juazeiro do Norte

FOTO: Guto Vital
Desde o primeiro caso confirmado de coronavírus em Juazeiro do Norte, farmácias do município registram uma diminuição no estoque de máscaras de proteção. Embora o item não seja suficiente para prevenir que uma pessoa contraia o vírus, especialistas apontam que o uso de máscaras diminui a capacidade de contágio. 

Nas últimas semanas, o centro comercial de Juazeiro voltou a concentrar um grande fluxo de automóveis e pedestres. Em uma volta rápida pelos pontos mais movimentados, é possível observar que a maioria das pessoas não utiliza máscaras de proteção e em alguns casos improvisa um equipamento inadequado. 

A exemplo de Seu Zé, vendedor de água que atua nas proximidades da agência da Caixa Econômica Federal (CEF), localizada na rua Conceição. Em conversa com a reportagem, o vendedor explicou que não tinha dinheiro para comprar uma máscara adequada e improvisou um equipamento de proteção com garrafa pet. Apesar da criatividade, o “escudo facial” improvisado impede a contaminação por fatores externos, como saliva e espirro. 

(Fonte: Site Miséria)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.