Header Ads

Barreiras sanitárias não impedem avanço significativo do coronavírus em Crato e Juazeiro

FOTOS: Normando Sóracles
Após a implantação de barreiras sanitárias via decreto, Crato e Juazeiro do Norte viram aumentar consideravelmente o número de infectados por coronavírus. As informações das secretarias de saúde apontam que, mesmo com a iniciativa, não foi possível conter o avanço da doenças nos dois municípios. 

Em Crato, até o dia 6 de maio – primeiro dia da barreira sob decreto municipal -, havia 16 casos confirmados de covid-19 na cidade. Até ontem (25), 19 dias depois, o aumenta era de 281%, com 61 infectados. Já em Juazeiro do Norte o decreto que endureceu a barreira sanitária é do dia 14 de maio, quando havia 47 doentes. O boletim epidemiológico desta segunda (25), indicou alta de 295%, com 186 casos confirmados. 


As barreiras sanitárias, no entanto, não foram montadas para barrar o aumento no número de casos. Portanto, as confirmações poderiam ser ainda maiores caso elas não existissem. 

A medida editada pelos prefeitos Zé Ailton Brasil (Crato) e Arnon Bezerra (Juazeiro), junto com as secretarias de Saúde e Vigilância Sanitária, fazem uma triagem de quem pode entrar nos municípios. 

Essa é uma iniciativa preventiva. Com isso, por exemplo, os centro comerciais se esvaziam – isso também porque há um bloqueio nas principais ruas do Centro nos dois municípios. Nas barreiras, é preciso apresentar comprovação de necessidade para seguir o caminho. Isso quer dizer que só devem ultrapassar o bloqueio quem trabalhar, morar, precisar de atendimento médico ou estiver de passagem pelo município em questão. 

(Fonte: Site Miséria)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.