Header Ads

Dia Livre de Impostos terá produtos com preços até 70% mais baixos


Comprar, pela internet, produtos com preços até 70% mais baixos. Isso vai ser possível no dia 4 de junho, durante o Dia Livre de Impostos, promovido pela Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) Jovem. Durante 24 horas, os lojistas vão excluir do preço final dos produtos do e-comerce os valores de taxas cobradas por governos municipais, estaduais e nacional. Criada pela instituição em 2003, a ação ocorre nas principais capitais do Brasil. Neste dia, o empresário arca com o custo dos impostos que deveria ser pago pelos consumidores. 

"Essa é uma forma de mostrar ao consumidor o quanto de imposto está inserido na mercadoria que ele adquire. No Brasil, a carga tributária pode superar os 80%, no caso de produtos importados. Um simples bronzeador, por exemplo, tem 49% de imposto, enquanto um relógio, o peso é de 56%", explica o empresário Cabral Neto, presidente da CDL Jovem. 

De acordo com o Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), em um ranking de 30 países, o Brasil é o 14º que mais arrecada imposto e o que pior destina o dinheiro à população. Em média, segundo o Instituto, o brasileiro trabalha 153 dias - ou cinco meses do ano - apenas para pagar tributos, que correspondem a mais de 40% do rendimento do trabalhador. 

E-Comerce e Delivery 
Diferentemente dos anos anteriores, onde a ação ocorria em lojas físicas, este ano se dará apenas no e-comerce e nos estabelecimentos que trabalham com delivery. 

"Devido à pandemia pelo coronavírus decidimos concentrar nas vendas online, até como forma de dar um respiro ao empresário que está com as lojas fechadas em virtude do decreto governamental que estabeleceu o lockdown em Fortaleza. No ano passado houve a participação de 113 lojas e esse ano a expectativa é de que a ação supere 300 participantes", explica Cabral Neto. 

Vale ressaltar que nem todos os produtos de uma determinada loja estarão isentos de impostos. "Ao fazer a inscrição, o comerciante determina quais produtos serão vendidos com isenção de impostos e o percentual de "desconto" terá por base estudo realizado pelo IBPT com base na taxação do artigo", diz. 

Para participar, é necessário fazer a inscrição no endereço www.dialivredeimpostos.com.br                          (Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.