Header Ads

Cartilha orienta setor de negócios em Juazeiro diante das mudanças impostas pela pandemia


A Prefeitura de Juazeiro do Norte, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Inovação (Sedeci), em parceria com o Coletivo Manakin, um grupo derivado do Ecossistema Regional de Inovação, o Kariri Valley, elaborou uma cartilha com orientações para os negócios diante das mudanças do mercado impostas pela pandemia da Covid-19. O objetivo é incentivar e ajudar o empresariado do Comércio a se reinventar, encontrando novas formas de atrair clientes e impulsionar a economia. 

Uma opção é investir na internet. As redes sociais, por exemplo, têm sido eficazes no aumento de vendas. Para se ter uma ideia do alcance das ferramentas, somente o Instagram reúne mais de um bilhão de usuários. Outra alternativa digital deve ser o cadastramento da empresa em sites que disponibilizam serviços de entrega, como o delivery.juazeirodonorte.ce.gov.br. 

Um formato de negócio promissor também é o de espaços colaborativos, em que diferentes produtos são oferecidos em uma única loja, localizada em local nobre e altamente comercial. Essa colaboração entre diversas empresas resulta na redução de custos com aluguel, energia elétrica e funcionários, ao mesmo tempo em que amplia ações de marketing.

A cartilha ainda reforça recomendações das autoridades de Saúde para minimizar o risco de contágio do novo coronavírus: uso obrigatório de máscaras dentro dos estabelecimentos, desinfecção de balcões e produtos, distanciamento de, pelo menos, 2 metros entre as pessoas, dentre outras. 

Para o Secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação de Juazeiro do Norte, Michel Araújo, "as informações devem servir de bússola em direção ao futuro, que se tornou, exponencialmente, presente e modificou a humanidade". Ele acrescenta: "O alento é que sempre melhoramos quando somos desafiados." 

A cartilha está disponível no link: www2.juazeiro.ce.gov.br/arquivos/cartilha-comercio.pdf

ELABORAÇÃO DA CARTILHA 
A cartilha foi elaborada por professores de Instituições de Ensino Superior do Cariri, alunos do curso de Design da UFCA, empresários e Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Inovação - Sedeci. A Diretora de Ciência, Tecnologia, Inovação e Empreendedorismo da Sedeci, Tatiane Kohlrausch, diz que mais duas cartilhas estão sendo produzidas, voltadas à Indústria e ao setor de Serviços, reafirmando o tripé poder público, academia e iniciativa privada. 

Para o Professor de Design, Clécio de Lacerda, da UFCA, "o trabalho é parte de uma ação contínua da universidade, que contribui com a comunidade regional." O empresário da área tecnológica, João Coelho Garcias Neto, da IETÉ, destaca que o foco do Coletivo Manakin (manakin.com.br), junto à Sedeci, é fortalecer os negócios locais. "Afinal, se a minha região vai bem, eu também caminho bem", ressalta.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.