Header Ads

Hospital de Campanha deve ser gerido por empresa do terceiro setor em Juazeiro

FOTO: Samylla Alves
Um dos maiores desafios no tratamento da covid-19 é o número reduzido de leitos e respiradores disponíveis. Buscando ampliar o atendimento, a Secretaria da Saúde de Juazeiro do Norte investiu na montagem de um hospital de campanha, que está sendo erguido na quadra do Ginásio Poliesportivo. O equipamento, que terá capacidade para até 120 leitos, deve ser gerido por uma empresa do terceiro setor e, por enquanto, ainda não tem data para inauguração. A exemplo da Unidade de Suporte à Covid-19, inaugurada no início do mês, serão atendidos pacientes de baixa e média complexidade, através de regulação. O Hospital Regional do Cariri (HRC) segue como o local de transferência dos casos mais graves da doença, que necessitam de internamento em UTI.

A secretária da Saúde, Glauciane Quental, explica que o Município tem investido na prevenção e combate à covid-19, mas é preciso que a população também contribua. “Inauguramos a Unidade de Suporte, ampliamos a testagem com unidades descentralizadas e estamos montando o hospital de campanha, que contará com 80 leitos inicialmente, podendo ser ampliado para 120. Estamos nos estruturando para atender o nosso paciente. Esperamos que não haja adoecimento, mas, caso haja, que nós estejamos preparados para receber. Nesse momento a gente reforça o apelo: fique em casa, use máscara, se proteja e proteja quem você ama”, diz Glauciane Quental. 

A empresa que está responsável por montar o hospital de campanha iniciou os trabalhos no dia da inauguração da Unidade de Suporte e solicitou um prazo de 15 dias para a entrega da estrutura. O que vai ser determinante para a inauguração do hospital será a resposta ao chamamento público. Vale lembrar que, na Unidade de Suporte, após dois chamamentos fracassados, uma vez que as empresas não atenderam as exigências, o Município acabou ficando responsável pela unidade.

(Fonte: Jornal do Cariri)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.