Header Ads

Iguatu amplia fiscalização e volta a fechar centro comercial após crescimento de casos da Covid-19

Agência da Caixa Econômica em Iguatu.
FOTO: Wandenberg Belém
Mesmo com o número de casos crescentes da Covid-19, em Iguatu, a população foi às ruas na manhã desta segunda-feira (22). A ampla maioria usa máscaras, mas a presença de moradores nas calçadas e lojas preocupa os gestores. As filas em agências bancárias também cresceram. 

De acordo com a Secretaria da Saúde de Iguatu, somente neste fim de semana, foram registrados 79 novos casos do novo coronavírus, totalizando 578. Apenas em junho, são 391. O número de óbitos é de 22. Em maio passado, a taxa de crescimento era de 1o novos casos em média, por dia, mas agora está em 4o. 

Desde o início das medidas de isolamento social que a Prefeitura vem adotando medidas mais rígidas como barreiras sanitárias e fechamento de ruas do centro da cidade, por determinados dias. “Passamos a organizar e controlar filas nas casas lotéricas e nas agências bancárias”, pontuou o secretário de Meio Ambiente do Município, Marcos Ageu Medeiros. “Mais uma vez pedimos ao moradores que permaneçam em casa e somente saiam em caso necessário”. 

O coordenador da Vigilância Sanitária de Iguatu, Samuel Bezerra, explicou que somente as pessoas credenciadas, moradores e trabalhadores cadastrados em serviços essenciais têm acesso livre, ao centro da cidade. “Todos devem usar máscara e a nossa equipe da vigilância sanitária intensificou a fiscalização no comércio”, frisou. 

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Iguatu, José Mota Luciano (Dedé Duquesa), lamentou a situação crescente do número de casos e a necessidade de continuidade da fase de transição. “A gente esperava entrar desde a semana passada na fase um, pois está se prolongando muito o fechamento da maioria das lojas, ampliando a crise financeira, e o risco de encerramento das atividades”, frisou. “Do jeito que está, é provável que essa fase se estique mais ainda e isso não é bom para ninguém”.                         (Blog Diário Centro-Sul)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.