Header Ads

Níveis de anticorpos em recuperados da Covid-19 caem rapidamente em até três meses, diz pesquisa


Um estudo chinês, realizado por pesquisadores da Universidade Médica de Chongqing, indica que os níveis de anticorpos encontrados em pacientes sintomáticos e assintomáticos que se recuperaram da Covid-19 caíram rapidamente, entre dois e três meses após a infecção. 

A pesquisa, que foi publicada no periódico científico Nature Medicine no último dia 18 de junho, coloca portanto em dúvida a duração da imunidade contra o novo coronavírus e alerta para o risco do ex-paciente se valer dos "passaportes de imunidade". 

A tendência observada no estudo, que analisou 37 pacientes sintomáticos e 37 assintomáticos, reforça a importância de intervenções de saúde pública, como o distanciamento social e o isolamento de pessoas que fazem parte dos chamados grupos de alto risco, como os idosos e indivíduos com doenças crônicas. 

O estudo revelou ainda que, entre os pacientes que tiveram a confirmação em exames da presença dos anticorpos IgG, um dos principais tipos de anticorpos induzidos após a infecção, mais de 90% passaram por declínios acentuados dentro de dois a três meses. A porcentagem média de declínio foi de mais de 70%, tante entre pacientes sintomáticos como assintomáticos. 

Para anticorpos neutralizadores de soro, a porcentagem média de declínio em indivíduos sintomáticos foi de 11,7%, e em indivíduos assintomáticos foi de 8,3%. 

Jin Dong-Yan, professor de virologia da Universidade de Hong Kong , não chegou a participar do grupo de pesquisa, mas ressalta que o estudo não anula a possibilidade de outras partes do sistema imunológico poderem oferecer proteção aos ex-pacientes do novo coronavírus. Isso porque algumas células memorizam como lidar com um vírus quando são infectadas pela primeira vez e, caso a infecção se repita, podem apresentar uma proteção eficiente. 

Ele ainda ressalta que foi pequeno o número total (74) de pacientes estudados.                (Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.