Header Ads

UFC volta atrás e diz que vai apresentar nova proposta de retorno gradual das atividades presenciais


A Universidade Federal do Ceará (UFC) voltou atrás e divulgou, no fim da noite desta segunda-feira (29), que vai apresentar uma "nova proposta" de data para retorno das atividades administrativas presenciais na instituição. Uma portaria assinada pelo reitor Cândido Albuquerque, entretanto, havia informado anteriormente que a retomada gradual do calendário administrativo in loco já começaria a valer a partir da próxima segunda-feira, dia 6 de julho. 

As atividades na UFC começaram a ser suspensas em 13 de março, com o início da pandemia de coronavírus. 

"A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEP) da Universidade Federal do Ceará informa que apresentará nova proposta de retorno às atividades administrativas presenciais da Instituição, no contexto da pandemia de Covid-19", afirmou a instituição em seu site e redes sociais. 

Ainda segundo a universidade, a portaria circulou apenas internamente e, portanto, não se tratava de uma publicação oficial. "A PROGEP esclarece que a Portaria nº 97, de 26 de junho de 2020, que chegou a circular internamente na Universidade, não foi publicada oficialmente, e será substituída por nova versão", declarou, acrescentando que "mais informações serão divulgadas ao longo desta semana". 

Segundo a Portaria nº 97, o retorno gradual, assim como a economia do estado, envolveria servidores docentes e técnico-administrativos, além dos colaboradores terceirizados. A previsão era de que, até 30 de outubro, 100% das atividades retornassem, com base nos dados epidemiológicos da Covid-19. 

A portaria indicava que permaneceriam em regime de teletrabalho somente aqueles que tivessem mais de 60 anos de idade, doenças crônicas, ou estivessem em tratamentos com imunossupressores, em tratamento oncológico, além de gestantes ou lactantes, por exemplo. 

A UFC paralisou suas atividades no dia 16 de março, quando cancelou aulas e eventos presenciais, além de estágios supervisionados e o funcionamento de bibliotecas.                    (G1 CE)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.