Header Ads

10 dias antes dos sintomas de coronavírus, Bolsonaro visitou o Cariri e esteve em aglomeração

Em Penaforte, no Cariri, 11 dias atrás, Bolsonaro tirou máscara algumas vezes no meio da multidão. FOTO: JL Rosa
O presidente Jair Bolsonaro visitou o Ceará pela primeira vez em 26 de junho, para chegada das águas da transposição do rio São Francisco, em solenidade ocorrida em Penaforte. Foi 11 dias antes do diagnóstico, nesta terça-feira, 7 de julho, de que ele está com Covid-19. O tempo de incubação da doença varia de 1 a 14 dias. Na média, o tempo entre a infecção e o início dos sintomas costuma ser em torno de cinco dias, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Os sintomas do presidente teriam começado a surgir entre o nono e o décimo dia. 

É impossível saber se Bolsonaro já estava doente quando visitou o Estado. A possibilidade, entretanto, existe. É possível até - porém impossível constatar - que tenha ocorrido no Ceará o contágio. Na ocasião, Bolsonaro esteve em aglomerações. E outras se formaram com curiosos, desde o aeroporto de Juazeiro do Norte, para tentar ver o presidente. 

Bolsonaro esteve em rodas com políticos cearenses. Os governadores dos estados atendidos pelo novo canal da transposição - Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco - não compareceram. Camilo não foi justamente para não estar em aglomeração. 

A esperança é de que o presidente ainda não estivesse contaminado. Caso estivesse, certamente passou a doença adiante.                        (O Povo)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.