Header Ads

Casos de Covid-19 no Cariri e Litoral Leste permanecem acima da média do Ceará pela 3ª semana seguida

FOTO: Camila Lima
Entre os dias 20 e 27 de julho, as ocorrências de Covid-19 no Ceará aumentaram de 164.215 para 165.320, uma adição de 1.105 casos, o que corresponde a um avanço de 0,67%. Durante o mesmo período, as macrorregiões de saúde do Cariri e do Litoral Leste e Jaguaribe avançaram 1,2% e 0,86%, respectivamente. É a terceira semana seguida em que as áreas registram casos acima da média cearense. Os dados foram calculados a partir da última atualização da plataforma IntegraSUS, publicada às 9h48 desta terça-feira (27).

Na semana anterior, entre 13 e 20 de julho, os casos em todo o Ceará haviam crescido 2,36%. À frente da alta desta semana, as 45 cidades que compõem a região de saúde do Cariri somaram 20.763 casos até o dia 20 de julho. Nesta terça-feira, o número de infecções subiu para 21.013, diferença de 250 casos. Da mesma forma, na região do Litoral Leste e Jaguaribe, que compreende 20 municípios, a infecção avançou de 9.698 para 9.782 casos, uma adição de 84 novas ocorrências. 

Mesmo com as novas infecções evoluindo em um compasso maior que o estado, a Covid-19 perdeu forças na região caririense quando comparada com o levantamento da semana passada. Entre os dias 13 e 20 de julho, a doença cresceu 5% por lá. No Litoral Leste e Jaguaribe, a situação é semelhante, apesar de em menor grau. O avanço do novo coronavírus na região é menor do que no intervalo passado: à época, os novos casos da doença aumentaram 3,34%. 

Sertão Central em queda
Diferente do observado nas porções do Litoral Leste e Cariri, nas outras três macrorregiões de saúde que compõem o Ceará, a Covid-19 cresceu abaixo do observado no estado. Pela terceira semana consecutiva, o destaque vai para o Sertão Central, em que crescimento semanal foi de apenas 0,15%. Nos últimos sete dias, as novas infecções cresceram de 10.295 para 10.311 nas 20 cidades da área. É uma melhora em relação à semana passada, quando os casos da doença cresceram 3,34%. 

Sobral, que conta com 55 municípios, foi a terceira em menor avanço da Covid-19 dos últimos 7 dias — o crescimento sobralense foi de 0,62%, ao sair de 41.130 casos na semana passada para 41.386 registros nesta terça. Em relação ao balanço anterior, onde a doença foi observada entre os dias 13 e 20 de julho, o cenário está mais positivo. À época, o evolução sobralense esteve em 2,53%. 

Redução na Região Metropolitana
Seguindo a dinâmica cearense, a macrorregião de Fortaleza, com 44 municípios, manteve a redução de casos última semana. Nos arredores da capital, foram 81.055 casos até esta terça, elevação de apenas 0,57% em relação ao balanço anterior, com 80.589 ocorrências. As porcentagens dão continuidade ao comportamento percebido na semana passada, quando a área (com aumento de 1,58%) também ficou abaixo da média cearense (2,36%).

O pequeno avanço nos casos mostra que, nos arredores de Fortaleza, a doença perde forças não somente em novas infecções, mas também em letalidade. Se, na semana passada, a Região Metropolitana registrou aumento de óbitos na linha dos 1,26%, no levantamento atual, o índice ficou em 0,57%. 

Óbitos 
Além de registrar o maior aumento em novas confirmações, a macrorregião do Cariri ainda contabilizou o maior aumento em óbitos. Em relação à semana anterior, os números cresceram de 494 para 553, um avanço de 11%, bem superior aos 2% de crescimento registrado no Ceará, na última semana. 

Com exceção de Fortaleza, as demais macrorregiões do interior do estado também cresceram acima da média de mortes calculada para o Ceará. Seguindo o Cariri, está o Sertão Central (5,5%), Sobral (3,39%) e Litoral Leste/Jaguaribe (3,37%).                            (G1 CE)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.