Header Ads

Crato libera aconselhamento presencial em igrejas, templos e instituições religiosas; entenda

FOTO: Arquivo
Em 16 de março deste ano, o Governo do Estado decretou a suspensão de atividades coletivas e eventos realizados em templos, igrejas ou outras entidades religiosas. A decisão integrava uma série de medidas preventivas de combate à proliferação do novo coronavírus no Ceará. 

Recentemente, o Crato repensou essa decisão em seu território. Em 19 de julho deste ano, 125 dias após o decreto estadual, a Prefeitura liberou que igrejas, templos e demais instituições religiosas realizassem aconselhamentos presenciais com os fiéis. 

O Procurador Geral do Município, Dr. Ernani Brigido Silva Neto, revelou que as autoridades locais já discutiam essa questão há algum tempo. “A gente entende que num momento de dificuldade para o ser humano, as pessoas precisam ter um encontro com seus líderes espirituais”, explicou. 

De acordo com o Procurador, os aconselhamentos “fortalecem a alma do cidadão, principalmente, nesse momento de isolamento”. 

E a segurança em relação ao vírus? A gerente de Cédula da Vigilância Sanitária e Ambiental do Crato, Ana Lígia Aquino, contou que foram determinadas medidas de prevenção à disseminação do vírus nesses locais. “O recomendado é que seja agendado, […] uma pessoa por vez e a higienização seja feita ao fim de cada atendimento”, explicou. 

De acordo com a Gerente, a higienização deve ser realizada com solução de hipoclorito de sódio/água sanitária ou álcool 70%. Além disso, o uso de máscara de proteção é obrigatório e o distanciamento mínimo de 1,5 metros entre o aconselhador e o aconselhado deve ser cumprido. 

Esses espaços também são fiscalizados pela Vigilância Sanitária e pela Guarda Municipal. Segundo o Procurador Geral do Município, todos os dias são realizadas rondas ordinárias, mas em caso de denúncia de aglomeração, “eles vão atuar no suposto evento”.

(Fonte: Site Miséria)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.