Header Ads

55 novos respiradores são distribuídos para Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha


O Hospital Regional do Cariri (HRC), no município de Juazeiro do Norte, recebeu, na noite desta sexta-feira (3) um reforço de 40 respiradores. A carga foi enviada pela Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa) e faz parte dos 300 aparelhos que chegaram ao Estado na semana passada. 

Atualmente, a Região do Cariri é uma das áreas do Estado mais afetadas pela pandemia causada pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2). 

O número de infecções por Covid-19 no Ceará é de 120.952, com 6.411 mortes em decorrência da doença, conforme dados da plataforma IntegraSUS, atualizados pela Secretaria de Saúde às 15h14 deste sábado (4). 

Para o governador Camilo Santana, a preocupação no momento é com a região do Cariri. Nesta região está a cidade de Juazeiro do Norte, que registra 3.686 casos confirmados e 98 óbitos pela enfermidade. Com o avanço da doença no Cariri, Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha, Brejo Santo e Iguatu adotaram o lockdown. O isolamento social rígido também ocorre em Sobral, na Região Norte. 

Além da unidade de saúde, o carregamento abastecerá ainda os municípios de Barbalha, que recebem mais 10 respiradores, e Crato com adicional de 5 aparelhos, totalizando 55 nos municípios do Crajubar. Outro carregamento será enviado para atender demais unidades de saúde na região Sul do Estado. 

De acordo com Camilo Santana, o objetivo é ampliar os leitos no interior do Ceará. "Só o Hospital Regional do Cariri serão 49 leitos. São mais 79 leitos de UTI só na região sul para termos atendimento dos casos mais graves", conta. 

Na região de saúde de Crato, foi percebido 62,5% de aumento nos diagnósticos em uma semana. Outras áreas que também receberam importante crescimento foram Iguatu (48,5%), Juazeiro do Norte (34,2%), Tianguá (32,2%) e Sobral (30,1%). A informação está no no boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) na tarde de quinta-feira (2) e considera dados coletados até 29 de junho. 

"O Cariri ainda não chegou ao pico”, afirmou Santana em transmissão ao vivo nas redes sociais. “Os municípios estão em isolamento rígido e com controle maior", completa. 

Nova Carga 
Já na manhã deste sábado, um avião com 70 toneladas de material hospitalar pousou no Aeroporto Pinto Martins, em Fortaleza. A carga veio da China com Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), como máscaras N95, a mais adequada para proteção contra a Covid-19, aventais e toucas descartáveis. O material vai ser distribuído na rede pública de saúde do Estado e também do Município. 

É o quarto envio que sai da China em direção à Fortaleza e que contém carregamento destinado aos profissionais e unidades hospitalares trabalhando com casos do novo coronavírus.                   (G1 CE)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.