Header Ads

Novo decreto estadual tira municípios da macrorregião do Cariri do ‘lockdown’

FOTO: Helene Santos
Em publicação no Diário Oficial do Estado neste sábado (25), passa a entrar em vigor a partir desta segunda-feira (27) a continuação da “fase de transição” em todos os municípios cearenses, incluindo quatro cidades no Cariri que até então permaneciam sob isolamento social mais rígido (lockdown). Em Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha e Brejo Santo, além de Iguatu, no Centro-Sul, onde os casos mais crescem no estado, a fase de flexibilização já poderá se sentida com o retorno das rotas intermunicipais da empresa Viametro (Clique aqui e saiba mais sobre a volta da operação dos ônibus). 

Em pronunciamento oficial nesta sexta-feira (24), o governador Camilo Santana reafirmou que a macrorregião do Cariri (que compreende 45 municípios do Cariri e Centro-Sul), que já estavam sob alerta devido o constante aumento no número de casos de Covid-19, deveriam permanecer sob medidas de distanciamento social mais rígido. No entanto, o novo decreto publicado no dia seguinte exime todos os municípios do Estado de decretarem “lockdown”, e os coloca sob “fase de transição”, quando são permitidas parte das atividades econômicas, com restrição de horários e seguindo um protocolo de segurança sanitária. 

Lockdown 
No auge da pandemia do novo coronavírus, em março, um lockdown foi determinado em todo o estado e aplicado em junho, no formato de isolamento social rígido, nos municípios de Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha, Brejo Santo e Iguatu, na chamada macrorregião do Cariri e Centro-sul pela Secretaria de Saúde do Ceará (SESA). Apenas atividades econômicas consideradas essenciais, como farmácias e supermercados, estiveram liberadas. 

Com a publicação, novas medidas para a “fase de transição” econômica e social devem ser adotadas, mas o documento afirma que a região permanece sob estado de alerta. 

Resta, ainda, o pronunciamento das prefeituras das cidades do Crajubar e dos municípios de Brejo Santo e Iguatu acerca da permanência ou não do isolamento social mais rígido, e também sobre a publicação dos decretos referentes a esta fase de transição. 

Como fica 
Fortaleza segue na Fase 4 da transição, com serviços de academia liberados e bares, restaurantes e barracas de praia com funcionamento até às 23h. 

Municípios da Macrorregião de Fortaleza estão Fase 3, que permite funcionamento de restaurantes, com horário reduzido. 

A Macrorregião Norte segue para a 2ª semana da Fase 1, onde é autorizado o funcionamento de atividades essenciais e restaurantes, com restrições. Nas Macrorregiões do Sertão Central e Litoral Leste/Jaguaribe seguem na 1ª semana da Fase 2. 

O Cariri permanece na Fase de Transição da Economia, por conta dos indicadores ainda em alerta.

(Fonte: Site Badalo)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.