Header Ads

Pesquisadora cearense que investiga Covid é selecionada para dar aulas na Europa


A professora cearense Bruna Mara Ribeiro Teles, doutora em Farmacologia pela Universidade Federal do Ceará (UFC), foi escolhida para lecionar na Europa, na Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Bragança (IPB), em Portugal. A profissional atua em pesquisas que analisam o perfil epidemiológico de pacientes com Covid-19 e, em projeto piloto, investigou internados no Hospital Leonardo Da Vinci, em Fortaleza.

Além do currículo e uma carta de intenção, a professora precisou enviar um plano de cooperação científica para conseguir fazer parte da residência internacional de professores. Bruna deve iniciar as atividades no mês de setembro,  ministrando pelo menos uma disciplina para estudantes da Escola Superior de Saúde, que possui graduações de Enfermagem e Farmácia, entre outras na área das Tecnologias da Saúde. 

"O fato de ter sido escolhida para atuar como professora na Europa me permitirá viver a experiência de atuar como docente internacional, uma meta da minha vida científica que agora virou realidade”, diz Bruna, também integrante do Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento de Medicamentos (NPDM/UFC), onde pesquisa fármacos com efeito protetor diante de infecção viral. 

Em 2017, a professora foi reconhecida como a mulher mais jovem a alcançar o título de doutora no Brasil, aos 26 anos. O Instituto Politécnico de Bragança é uma instituição de ensino superior pública fundada há quase 30 anos, com foco em atividades de investigação científica que tenham impacto econômico, social e cultural.                         (Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.