Header Ads

Secretaria de Assistência Social distribui refeições prontas para usuários dos programas socioassistenciais de Santana do Cariri

FOTO: Júnior Sultério
A Prefeitura de Santana do Cariri vem adaptando as atividades das secretarias municipais, ao novo cenário ocasionado pela pandemia da Covid-19. A Secretaria de Assistência Social, responsável por implementar políticas e estratégias para atender, principalmente, a população em situação de maior risco social, tem desenvolvido diversas ações de assistência junto às famílias mais vulneráveis do município. 

O Governo Municipal, através da pasta já distribuiu mais de 7 toneladas de alimentos em cestas básicas para as famílias santanenses em vulnerabilidade social. Diante da demanda, o programa relacionado à segurança alimentar que assiste as famílias cadastradas nos diversos programas sociais, como é o caso das cestas básicas, teve sua ampliação, passando a servir também alimentação preparada, neste caso, em forma de quentinhas. 

Estas refeições são ofertadas aos usuários do CRAS, pertencentes aos Programas Primeira Infância no SUAS - Criança Feliz, Mais Infância Ceará, Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, Serviço de Proteção e Acompanhamento Integral à Família e Programa Bolsa Família. Os programas sociais, atendem prioritariamente famílias com idosos, pessoas com deficiência, crianças, adolescentes e outros em situação de extremíssima pobreza. Esse grupo foi selecionadas e cadastradas para fazer parte do programa Alimentação Pronta. 

A gestora da pasta, Helena Dias, esclarece que, "no município de modo geral existem muitas famílias em situação de extrema pobreza e insegurança alimentar e, dentro deste cenário, a Secretaria de Assistência Social procura atender aqueles mais vulneráveis. Principalmente agora, diante da atual conjuntura, com o enfrentamento da Covid-19, sentimos a necessidade de preparar a alimentação pronta ou kit lanche e entregar nos domicílios, haja vista não podermos fazer o atendimento desses grupos no CRAS e Cozinha Comunitária, como era feito antes da pandemia, para evitar aglomeração". 

Esta foi a primeira semana do Programa e já atendeu 36 famílias, onde foram servidas 159 refeições. A meta é atender dois dias por semana, terça e quinta, dividindo as famílias em dois grupos. No total, estima-se que 300 pessoas serão atendidas por semana. Até o momento, o programa está contemplando os usuários dos programas socioassistenciais da sede, mas a pretensão é que em breve venha a contemplar também as famílias da zona rural. 

A distribuição da alimentação às famílias é feita pelos orientadores sociais e a equipe do CRAS, e fazem a distribuição trajando todos os equipamentos de proteção individual e atendendo as exigências de proteção e higienização da Secretaria Municipal de Saúde. No momento da entrega, aproveitam para passar orientações às famílias e disponibilizar os contatos da Secretaria de Assistência Social e da Ouvidoria Municipal.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.