Header Ads

Transexual cearense é morta a facadas dentro do próprio apartamento na Itália


Uma transexual cearense, identificada como Manuela de Cassia, foi morta a facadas dentro do próprio apartamento onde morava em Milão, na Itália, na tarde desta segunda-feira (20). 

Ela foi encontrada após os vizinhos sentirem um forte cheiro de gás vazando no apartamento onde aconteceu o crime, segundo informam jornais italianos. 

Uma das principais hipóteses é que ela foi assassinada por um cliente durante uma briga, no fim de um atendimento. 

Conforme a polícia italiana, ela trabalhava como acompanhante e, por vezes, chegava a receber clientes em casa. 

O suspeito de cometer o crime ainda não foi identificado, até a publicação desta matéria. 

Além de se solidarizar com a família e amigos da artista transexual, a Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS) informou em nota que, "por meio da Coordenadoria de Políticas Públicas para LGBT, está em contato com o Ministério da Cidadania solicitando o acompanhamento e as providências a serem tomadas pelo órgão federal". 

A SPS também declarou que está "unindo esforços" com a Prefeitura de Fortaleza, por meio do Centro de Referência Janaína Dutra, e com a Defensoria Pública para dar o "apoio necessário". 

Por fim, a Secretaria diz repudiar "todo e qualquer ato de violência e intolerância", reafirmando ainda "seu compromisso com a construção de uma sociedade justa e inclusiva, sem discriminação e com respeito à dignidade humana".                  (Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.