Header Ads

Vereadores de Juazeiro pedem novo afastamento de Maria Loureto

Sessão virtual desta quinta (16). FOTO: Reprodução Redes Sociais
Durante a sessão virtual da Câmara de Juazeiro do Norte, nesta quinta-feira (16), vereadores pediram um novo afastamento da secretária de Educação do Município, Maria Loureto de Lima, após denúncias de irregularidades em processos licitatórios realizados pela Secretaria, entre os anos de 2018 e 2019. As denúncias desencadearam as operações Quadro Negro, Fruto de Espinho e Beremiz, na manhã de quarta-feira (15), realizadas pela Polícia Federal e Controladoria Geral da União (CGU). 

O requerimento, apresentado por Demontier Agra (PPL) e endossado por Glêdson Bezerra (Podemos), Jacqueline Gouveia (PRB), Tarso Magno (PRP) e Zé Barreto (PPS), foi aprovado pela Casa e será encaminhado ao Ministério Público [estadual e federal] e ao prefeito Arnon Bezerra (PTB). “Fiz um requerimento ao prefeito, que ele exonere e nomeie, por bem, uma secretária que tenha uma vida limpa, não envolvida em desvio de verba da Educação. Isso é muito triste, uma secretária de Educação envolvida em desvio de milhões de reais”, disse o vereador Demontier Agra, ao pedir que o requerimento seja encaminhado também à Polícia Federal. 

Em janeiro de 2019, Maria Loureto foi afastada do cargo por 120 dias, após pedido do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), sob suspeita de usar a máquina pública para favorecimento na eleição do deputado federal Pedro Bezerra (PTB), filho do atual prefeito da cidade, Arnon Bezerra (PTB).

(Fonte: Jornal do Cariri)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.