Header Ads

Mãe tenta defender o filho em Juazeiro e morre ao ser baleada em casa


Mais um homicídio foi registrado no início da tarde desta quarta-feira (12), em Juazeiro do Norte, se constituindo no terceiro do mês de agosto e 101º do ano no município. Por volta das 12 horas dois homens armados numa moto chegaram na casa de uma pessoa identificada apenas por “Matheus” ou o apelido de “Homem Aranha”, na Rua São Benedito (Franciscanos), com a intenção de matá-lo. A mãe dele interveio no conflito e foi atingida por um disparo, enquanto o filho conseguiu fugir. 

A doméstica Francisca Etelvina da Silva, de 57 anos, ainda foi socorrida às pressas para receber atendimento na UPA Limoeiro, mas já chegou sem vida. Ela morava na Rua São Benedito, no quarteirão entre as ruas São Mamede e Campos Elísios, e os disparos causaram correria no local. Viaturas da Polícia Militar diligenciaram na tentativa de localizar os acusados do crime, mas ninguém foi preso. Existem informações que, este ano, já tinham tentado contra a vida de “Homem Aranha”. 

Já são 21 mulheres assassinadas este ano na região do Cariri ou 161,5% em relação às 13 mortas no decorrer do ano passado. Este ano, somente em Juazeiro do Norte, 11 mulheres foram assassinadas e o último crime envolvendo uma pessoa do sexo feminino tinha sido no dia 28 de julho quando Giselle Angélica Ferreira da Silva, de 37 anos, que residia na Avenida Salgueiro (Romeirão), foi morta a golpes de faca por seu companheiro Josirlan Soares Tavares, de 34 anos, na Avenida Castelo Branco perto do Romeirão o qual foi preso.

(Fonte: Site Miséria)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.