Header Ads

Morre aos 45 anos o ator e dramaturgo cearense Wellington Rodrigues

FOTO: Kid Junior
O ator e dramaturgo cearense Wellington Rodrigues, de 45 anos, morreu na última segunda-feira (3), após oito dias internado no Hospital Leonardo da Vinci. O artista estava enfrentando uma pneumonia e faleceu em decorrência de insuficiência respiratória. 

O irmão de Wellington, Junior Rodrigues, informou que o ator realizou dois testes para detectar Covid-19, mas ambos apresentaram resultado negativo. O velório do artista aconteceu na manhã desta terça-feira (4), às 11h, no cemitério Parque da Paz, em Fortaleza. 

Wellington Rodrigues atuava como diretor da Companhia Teatral Moreira Campos, na qual explorou temas diversos como universo feminino, musicalidade considerada ‘brega’, cultura afrobasiluso, teatro burleta no Ceará e obras de intenso valor cultural e emocional. O ator também foi um dos fundadores da companhia em 1998, ao lado de outros alunos de Letras e do curso de Arte Dramática da Universidade Federal do Ceará. 

Em mais de 20 anos de carreira, o dramaturgo atuou em 19 espetáculos. Como ator convidado, Wellington participou de peças montadas pelas companhias Palmas Produções Artísticas, Grupo Palco Produções Artísticas e grupo Bilu Bila Teatro. Em 2015, o artista levou o seu trabalho para Portugal com o espetáculo “Auto do Boi”, do grupo Brincantes de Teatro.

Entre suas obras mais recentes, destaca-se Velha Moça (2017), construída a partir de relatos de acompanhantes de idosos em Fortaleza. Além do monólogo, o artista produziu  Los Títeres de Cachamorra (2003-2004), A Casa (2004), Entre o Amor e Ódio (2005), Sete Vez Setenta (2005), Embriagada… Eu quero desabafar (2009-2017), Branca de Neve, a História que Sua Mãe Nunca Contou (2010-2012) e O Pranto de Maria Cachaça (Processo em Construção 2018/2019). 

Doutor em Letras pela Universidade Federal do Ceará, Wellington trabalhou como docente em instituições de ensino superior do Ceará. No âmbito da literatura, o professor ministrou disciplinas na Universidade Regional do Cariri (2013 e 2015) e no Instituto Federal do Ceará (2015-2017). 

Homenagem 
A morte do ator, professor e dramaturgo Wellington Rodrigues sensibilizou a classe artística do Ceará. O Theatro José de Alencar publicou uma homenagem ao artista, que se fez presente na casa em peças e lançamentos de livros. 

“É com imenso pesar que recebemos a notícia do falecimento ator, diretor, dramaturgo, escritor e produtor da Cia. Teatral Moreira Campos, Wellington Rodrigues. Sempre com sorriso no rosto, Wellington, sempre era frequentador assíduo do Theatro José de Alencar, fosse no palco ou atrás das cortinas. Inúmeras peças  e lançamentos de livros. Doutor em Letras/Literatura Comparada (PPGLETRAS UFC 2018), Mestre em Letras/Literatura Comparada (PPGLETRAS UFC 2010), Especialista em Estudos Clássicos pela UFC (2006), Graduado em Letras pela Universidade Federal do Ceará (2002), a “Velha Moça” deixará saudades. 

O Theatro José de Alencar e seus funcionários solidarizam com parentes, amigos e admiradores do trabalho de Wellington Rodrigues”.                   (Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.