Header Ads

Morre, aos 83 anos, o histórico fotógrafo Pacífico em Juazeiro do Norte

Registo no dia 13 de julho de 2019. FOTO: Normando Sóracles
Aos 83 anos de idade faleceu na manhã deste sábado (08), Pacífico Alves de Freitas, ou simplesmente Pacífico, como era mais conhecido o fotógrafo que fez parte da história de Juazeiro do Norte registrando a vida de muita gente na Terra de Padre Cícero. Ele morreu em casa de falência múltipla dos órgãos. 

Pacífico era natural de Cajazeiras, interior paraibano, e morou em Juazeiro do Norte por 45 anos. Deixa a esposa Maria de Lurdes Lima Alves e quatro filhos, sendo dois casais. 

De acordo com o filho César Lima Alves, Pacífico era crediarista e estava fazendo uma cobrança em um cabaré, ainda em Cajazeiras, e a proprietária deu uma câmera fotográfica para ele. Desde então ele se tornou fotógrafo. 

Em Juazeiro do Norte ele sempre trabalhou como fotógrafo. Bem relacionado com a sociedade cobria os principais eventos da cidade com sua câmera pronta para registrar os momentos em fotografia. 

O também fotógrafo Araújo registrando uma visita que Pacífico fez ao estúdio de fotografia Mazin, em Juazeiro do Norte
Com jeito peculiar, Pacífico chamava atenção para quem seria fotografado com ele com um tipo de assovio. A forma era uma marca registrada do grande profissional que começou a fotografar por aptidão. 

O corpo será velado na funerária Vida de 8 às 9h e em seguida sepultado no Cemitério do Socorro. 

(Fonte: Site Miséria)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.