Header Ads

Morta a tiros em Barbalha mãe que teve o filho assassinado há cinco meses


Uma mulher foi assassinada por volta das 06h30min desta segunda-feira (31), em Barbalha. Maria Lúcia de Souza, de 42 anos, estava em sua casa no bairro Bela Vista quando chegaram dois homens numa motocicleta os quais efetuaram os vários disparos que causaram a sua morte no local e fugiram. Um homem que estava no imóvel com a mesma saiu baleado e foi socorrido às pressas ao Hospital Santo Antonio de Barbalha. 

Patrulhas da PM de Barbalha diligenciam na tentativa de prender os acusados. Maria Lúcia era mãe de Fábio Vinicius de Souza Santos, de 20, o qual morreu no Hospital Santo Antonio de Barbalha no dia 7 de março. Na segunda-feira de carnaval, 24 de fevereiro, ele foi baleado num tiroteio em frente ao Parque da cidade e faleceu 12 dias depois. Naquele dia, outras duas pessoas saíram lesionadas e escaparam em hospitais. Fábio respondia por tráfico de drogas e já tinha sido vítima de lesão corporal. 

Este foi o terceiro homicídio do mês de agosto em Barbalha e o oitavo de 2020 no município ou um a mais que o ano passado. Em se tratando de mulheres foi a segunda morta este ano em Barbalha e a 23ª em todo o Cariri. No último dia 16 de agosto Gizele Aparecida Benjamim da Silva, de 37 anos, que residia no Sítio Cabeceiras (Distrito de Arajara), foi morta a facadas dentro de casa por seu companheiro José Tarciélio dos Santos, que fugiu. 

(Fonte: Site Miséria)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.