Header Ads

Quatro áreas de saúde do Ceará têm aumento de casos da Covid-19 nas duas primeiras semanas de agosto

FOTO: Guilherme Lima/TV Anhanguera
De acordo com o boletim epidemiológico semanal da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), houve aumento no número de casos da Covid-19 nas duas primeiras semanas de agosto em quatro das 22 áreas descentralizadas de saúde (ADS) no Ceará. O informe foi divulgado nesta quinta-feira (27), e também mostrou que só houve aumento no número de óbitos em cinco das 22 ADS, em comparação com as duas últimas semanas do mês de julho. 

Conforme a Sesa, lideram os índices de incremento no número de casos da enfermidade, segundo o período de comparação, as seguintes áreas descentralizadas: 

Icó (60,3%), indo de 476 para 763 casos 
Aracati (35,3%), indo de 136 para 184 casos 
Crateús (16,8%), indo de 939 para 1.097 casos 
Iguatu (2,6%), indo de 1.213 para 1.244 casos 

Óbitos por Covid-19 
Cinco ADS apresentaram incremento dos números de óbitos confirmados e suspeitos por Covid-19, comparando com as mesmas Semanas Epidemiológicas, sendo elas 

Itapipoca (60%), indo de 5 para 8 mortes 
Limoeiro do Norte (50%), indo de 12 para 18 mortes 
Baturité (33,3%), indo de 3 para 4 mortes 
Crato (11,1%), indo de 27 para 30 mortes 
Quixadá (7,4%), indo de 27 para 29 mortes 

A ADS de Itapipoca apresentou um incremento de 60%, no comparativo das semanas 30 e 31 (19/07 a 1º de agosto) e 32 e 33 (2/08 a 15/08). Lá, o número de óbitos subiu de cinco para oito. Em Limoeiro do Norte, o incremento foi de 50%, com os números de óbitos subindo de 12 para 18. 

Fortaleza, Caucaia, Maracanaú, Canindé, Aracati, Russas, Sobral, Acaraú, Tianguá, Tauá, Crateús, Camocim, Icó, Iguatu, Brejo Santo, Juazeiro do Norte e Cascavel tiveram redução no número de óbitos por Covid-19. 

Taxa de mortalidade 
De acordo com a Sesa, a taxa de mortalidade passou de 90,4 para 92,1 óbitos por 100 mil habitantes em sete dias, com destaque para as ADS Crato (42,0), Limoeiro do Norte (53,8), Brejo Santo (38,1) e Aracati (56,8) que apresentaram incrementos de 8,1%, 8,0%, 6,5% e 6,3%, respectivamente. 

Na última semana, as ADS do Crato, Limoeiro do Norte, Brejo Santo e Aracati registraram os maiores incrementos na taxa de mortalidade acumulada, com 8,1%, 8,0%, 6,5% e 6,3%, respectivamente. As ADS de Fortaleza, Maracanaú, Caucaia e Cascavel registraram os menores aumentos (0,5%, 0,6%, 1,4%, e 1,8%, respectivamente) na taxa de mortalidade, nos últimos sete dias. 

Covid-19 no Ceará 
O Ceará contabiliza, até a manhã desta quinta-feira (27), 210.636 casos confirmados de Covid-19 e 8.364 óbitos em consequência da doença. O número de pessoas recuperadas é de 185.196. Os dados são da plataforma IntegraSUS, atualizada às 9h30. 

O Estado registra ainda 89.678 casos suspeitos e 613 mortes em investigação. Já foram aplicados 617.919 testes para identificar o novo coronavírus. As notificações da doença estão em 625.001. A marca de 200 mil casos foi ultrapassada em 19 de agosto, há oito dias.                      (Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.