Header Ads

Tubulação de barragem da transposição do Rio São Francisco rompe em Jati, na região do Cariri


Uma parte da tubulação da barragem localizada no município de Jati, na região do Cariri, rompeu na tarde desta sexta-feira (21). As águas fazem parte da transposição do Rio São Francisco e vão para o Açude Atalho, em Brejo Santo. De acordo com o Tenente Ailton Lima, do Corpo de Bombeiro de Juazeiro de Norte, o que ocorreu foi o rompimento de uma tubulação da água que sai da barragem que já está cheia.

Um carro com quatro bombeiros foi enviado ao local para averiguar a ocorrência. "Quem está nessa viatura é o Tenente Sócrates. Eles vão verificar a necessidade de remoção de famílias, pessoas, bens que estejam em risco de perca próximo ao local onde essa água está escorrendo, já na barragem de Jati", complementou o Tenente Ailton. 



A barragem em Jati foi inaugurada na última quinta-feira (20), com a presença do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho. De acordo com a Secretaria de Recursos Hídricos (SRH) do Governo do Ceará, a obra é de responsabilidade do Governo Federal. 

Contudo, o titular da SRH, Francisco José Coelho Teixeira, explicou o que aconteceu para ocasionar o vazamento da água da barragem. "Vocês podem ver na vista panorâmica da barragem que na ombreira direita tem uma tubulação que se incia em concreto e depois um bloco onde está a emenda da tubulação em concreto com a tubulação em aço. Então, parece que nessa emenda houve um rompimento, um vazamento da tubulação. Então, esse jato d'água é devido à pressão. E a única preocupação é porque o jato d'água está sendo lançado na ombreira e no maciço da barragem e tem um pequeno processo erosivo que, aparentemente, não afeta a estrutura da barragem", explica o secretário. 

O secretario afirmou que o Ministério do Desenvolvimento Regional já está tomando providencias, e trabalhando no fechamento da comporta para poder interromper o vazamento.



De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Regional, responsável pela barragem, não há riscos à insfraestrutura e nem a regiões do entorno, a partir de análise de engenheiros no local. 

A Defesa Civil do município também já atestou que não há perigo para a integridade da população que vive no entorno. Ainda conforme a MDR, o volume de água no vazamento atingiu a rede elétrica que atende o empreendimento e, por isso, foi preciso instalar um gerador para garantir o fechamento da comporta. 

Os serviços no local devem levar cerca de duas horas para serem concluídos. Os testes operacionais no Cinturão das Águas do Ceará serão mantidos, afirma o MDR. A barragem em Jati foi inaugurada na última quinta-feira (20), com a presença do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

(Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.