Header Ads

Cariri avança para Fase 4 do Plano de Retomada da Economia, anuncia Camilo


Por Redação Gazeta do Cariri

O governador Camilo Santana anunciou no final da tarde desta sexta-feira (11), após reunião semanal de avaliação do Decreto Estadual relativo à pandemia do novo coronavírus, que a partir da próxima segunda-feira (14), depois de duas semanas na Fase 3, a região do Cariri avança para a Fase 4 do Plano de Retomada Responsável das Atividades Econômicas e Comportamentais. Agora, todas as regiões do Ceará estarão na quarta e última fase do plano. 

Conforme Camilo, "Eventos com até 100 pessoas poderão ocorrer, mas seguindo todos os protocolos sanitários". 

Já com relação aos setores que ainda não retomaram as atividades, como as escolas com aulas presenciais, o governador disse que "ficou definido que serão realizadas reuniões a partir do começo da semana para nova avaliação do cenário e protocolos, de forma a haver uma definição de quando deverá ocorrer esse retorno". 


O comitê que se reúne semanalmente é formado por profissionais de Saúde, presidentes do Tribunal de Justiça e Assembleia Legislativa, e Ministério Público Estadual e Federal.
O chefe do Executivo estadual finalizou informando que "relatórios de nossas equipes de saúde apontam queda contínua de casos e óbitos no Ceará, mas não podemos relaxar, para que não haja aumento dos indicadores. O alerta continua".

Com essa autorização, o comércio de produtos não essenciais poderá funcionar completando toda a cadeia de comércio, e as atividades religiosas terão a permissão para 100% da capacidade. Até o momento, a Diocese de Crato ainda não se posicionou sobre quais medidas serão adotadas diante dessa nova etapa.

A expectativa é que agora os restaurantes possam funcionar no período da noite, até às 23h.

Também devem ser permitidas feiras, congressos, transporte aquaviário para turismo, serviços turísticos, cinemas, serviços educacionais para formação de condutores, transporte rodoviário interestadual, excursões, locação de automóveis com motoristas, academias, clubes, espetáculos e casas de eventos, com até 100 pessoas.

Vale salientar que mesmo o Decreto Estadual dando todas as autorizações e recomendações, fica a critério das prefeituras de cada município em decidir quais medidas serão executadas.

Um comentário:

Tecnologia do Blogger.