Header Ads

Cearense é indicado ao Grammy Latino: "Nordeste no topo sempre"


Na manhã desta terça-feira (29), os organizadores do Grammy Latino 2020 revelaram os artistas indicados. Entre os brasileiros está o cearense RAPadura Xique Chico. O músico concorre na categoria "Melhor Álbum de Rock ou de Música Alternativa em Língua Portuguesa". Ele disputa em um dos principais prêmios da indústria musical com Emicida, Suricato, Letrux e Ana Frango Elétrico. 

RAPadura Xique Chico nasceu em Fortaleza, mas é radicado em Brasília. Suas base musical é estruturada no rap, porém o artista inspira-se em inúmeros elementos culturais do Nordeste para compor seu universo sonoro.



"Estou muito emocionado. Sentia no meu coração que isso ia acontecer. Já sabia no meu íntimo que isso ia acontecer. Isso nada mais é que a confirmação da luta do povo brasileiro, do povo nordestino. Onde a gente é de fato reconhecido pela obra, pela cultura, por tudo que a gente representa pra nossa nação. Nordeste no topo sempre", diz o cearense. 


As indicações ao Grammy Latino 2020 incluem artistas brasileiros como Pabllo Vittar (por "AmarElo", parceria com Emicida e Majur), Vitor Kley (por "A Tal Canção Pra Lua", colaboração com Samuel Rosa) na categoria melhor canção em língua portuguesa.

Sobre o artista 
Aos 35 anos, o rapper tem 22 anos de carreira independente. É conhecido na cena do hip hop pelo diferencial de unir rap ao imaginário nordestino. Já gravou com O Rappa, Mato Seco & Ponto de Equilíbrio, Rashid, BaianaSystem, entre outros.

Começou a subir nos palcos como backing vocal do lendário G.o.g, de Brasília. Já teve mixtape criada pelos fãs, com músicas que estavam na internet. Seu single “Norte Nordeste me Veste”, com cinco mil visualizações no YouTube, popularizou o artista pelo País. 

A música faz parte do primeiro trabalho independente do artista “Fitaembolada do Engenho– Rapadura na boca do povo”, lançado em 2010 com produção do próprio RAPadura.                          (Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.