Header Ads

Foragido no caso da morte do prefeito de Granjeiro se apresenta à polícia e nega envolvimento


Na manhã desta sexta-feira (4), Thyago Gutthyerre Pereira Alves (31), um dos suspeitos de envolvimento no crime que culminou na morte do prefeito de Granjeiro, João Gregório Neto, o João do Povo, se apresentou 19ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Crato. Acompanhado dos advogados, o suspeito negou as acusação. O crime que ocorreu no dia 24 de dezembro de 2019. 

O delegado Luiz Eduardo, da delegacia do Crato, que está à frente do caso, explica que o inquérito aponta Thyago como a pessoa que teria alugado o veículo usado no assassinato e provavelmente estava dentro do carro no momento do crime. 

Thyago foi preso e encaminhado à Cadeia Pública. Também estão foragidos o colombiano Manuel Fernando Mateus Ariza, de 31 anos, suspeito de atirar e matar o então prefeito, e José Plácido da Cunha (53), tio de Ticiano Tomé (então vice-prefeito na chapa com João do Povo), suspeitos de arquitetarem o crime de possível motivação política.

(Fonte: Site Badalo)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.