Header Ads

INSS reabre parte das agências nesta segunda (14), só com agendamento e sem perícia

FOTO: Natinho Rodrigues
Começa nesta segunda (14) a reabertura gradual das agências de atendimento do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), mas os peritos médicos federais anunciaram que não retomarão os postos na data, com a justificativa de proteger os profissionais contra o risco de contaminação pelo novo coronavírus. 

Sendo assim, quem tinha marcado serviços que exigem a presença de um perito precisará reagendar o atendimento pelo Meu INSS ou 135. Outra opção é realizar a consulta online, anexando o atestado médico pelo Meu INSS para antecipar um salário mínimo e depois realizar um atendimento presencial para receber a diferença. 

O atendimento ocorrerá normalmente para os agendados de serviço social, reabilitação profissional, cumprimento de exigências, defesa de monitoramento operacional de benefícios e justificação administrativa. 

Agências 
No Ceará, segundo o INSS, menos da metade das 89 unidades retomarão o atendimento, conforme disponibilidade de servidores fora do grupo de risco para Covid-19, e seguirão em trabalho remoto. 

Na Capital, abrirão as unidades dos bairros Centro, Aldeota, Messejana, Parquelândia, Fortaleza-Sul (no bairro Água Fria) e a unidade de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza. No interior, retomam o atendimento presencial 15 agências na região de Sobral e todas da região de Juazeiro do Norte.

O atendimento ocorrerá em horário reduzido, das 7h às 13h, e só serão feitos com agendamento. 

A forma de atendimento à distância, pela Internet e telefone, responde por 90 dos 96 serviços prestados pelo INSS, e continuará sendo realizada mesmo após a reabertura das agências. 

Veja como resolver pendências do INSS pela internet 
- Novos pedidos de benefícios previdenciários ou assistenciais, alterar dados cadastrais, mudar forma ou local de pagamento, cadastrar ou alterar representante legal, ou ver extratos e consultas: solicitações e inclusão dos documentos correspondentes, escaneados ou fotografados, pela página www.meu.inss.gov.br, ou o aplicativo para celular “Meu INSS”, ou ainda o telefone 135. 

- Perícias Médicas: acompanhe o status do pedido pelo Meu INSS ou pela Central Telefônica 135. Na situação “concluído”, deve ser acessada a carta de concessão com o resultado e o extrato de pagamento com os detalhes. Se “pendente” deve aguardar análise, e em “exigência” devem ser anexados os documentos pedidos. A antecipação do pagamento de 1 salário-mínimo do auxílio-doença, até 31 de outubro, será liberado a partir da análise do atestado (legível, com carimbo e CRM, código da doença e tempo de afastamento, de no máximo 60 dias). 

- Prorrogação do auxílio-doença: Será automática, enquanto durar o fechamento das agências, ou limitado a 6 pedidos. Confira a data de cessação no Meu INSS, e se for o caso agende Prorrogação com o anexo de novos atestados. Se passar da data de cessação, utilize os atestados para solicitar perícia do tipo “inicial”. 

- Antecipação de R$ 600,00 para requerentes que aguardam análise de BPC (Benefício Assistencial ao Deficiente), até 31 de outubro: confira no Meu INSS se a antecipação foi liberada. Os critérios são constar como deficiente no Cadastro Único do Governo Federal, ter renda familiar abaixo de ¼ do salário-mínimo por pessoa e estar com pedido pendente no INSS; 

- Atendimento por telefone: a central telefônica 135 funciona de segunda a sábado, de 7h às 22h. É gratuito se for de telefone fixo, ou o custo de uma chamada local se for de celular. O número oficial de WhatsApp do INSS é (61) 9638-8396.

(Fonte: Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.