Header Ads

Visita técnica ao Seminário São José é positiva e fortalece possibilidade de sediar curso de Medicina da URCA


Por Redação Gazeta do Cariri

Mais uma etapa importante da agenda técnica para implantação do Curso de Medicina da Universidade Regional do Cariri (URCA), em Crato, foi realizada na manhã da última sexta-feira, dia 18. As atividades foram iniciadas na quinta-feira, 17, com reuniões, visitas aos laboratórios da universidade, estudos e planejamentos para que sejam agilizados os novos encaminhamentos para a criação do curso. 

Na ocasião, ocorreu a visita pela equipe ao Seminário São José, incluindo integrantes da Comissão Especial de Criação do Curso de Medicina, tendo à frente o Professor Dr. Galberto Martins, com participação de Dr. Antonio Carlile Holanda Lavor, membro Externo da Comissão (Diretor da Fundação Oswaldo Cruz Ceará, FIOCRUZ – Ceará). Ainda estiveram presentes o Reitor da URCA, Francisco do O’ de Lima Júnior, o Vice-Reitor, Carlos Kleber, o diretor da Faculdade de Medicina da UFCA, Professor Cláudio Gleidiston Lima da Silva, o Médico e Professor da UFCA, Marcos Cunha, Professor da URCA, Francisco Cunha, as Pró-Reitoras de Assuntos Estudantis, Socorro Vieira, e de Ensino de Graduação, Ana Maria Parente, o Chefe de Gabinete, Professor Edmar Pinheiro, as professoras do Departamento de Enfermagem, Evanira Rodrigues Maia e Allissan Karine Lima Martins, entre outros integrantes da universidade. 

A recepção foi realizada pelo Reitor do Seminário São José, Acurcio de Oliveira Barros, e o Ecônomo da Diocese do Crato, Padre Joaquim Ivo, que percorreram os espaços do prédio histórico, do século XIX, e de grande representatividade, por ser a primeira sede de curso superior do interior do Estado do Ceará e que poderá abrigar o primeiro curso de medicina estadual do interior. A pretensão é criar um centro de atendimento à saúde, para beneficiar a comunidade, num espaço dentro do seminário. Em seguida, foi realizada reunião técnica de alinhamento das informações, na sede do Geopark Araripe, para iniciar os procedimentos de consolidação do projeto voltados à criação do curso. 

Conforme avaliação do presidente da Comissão, Professor Galberto Martins, essa agenda causou um impacto muito positivo, porque as visitas fortaleceram o grupo. “Foi uma possibilidade de entender melhor o projeto, com as visitas na UFCA, e toda a infraestrutura de um curso de medicina. Em relação ao Seminário, foi importante para termos um o dimensionamento do projeto de fato, e isso fortaleceu a equipe e consolidou o local onde o curso irá acontecer”, disse ele.



Fortalecimento da saúde no Cariri 
Com esse primeiro momento, Professor Galberto afirma que foram feitos cálculos necessários para o projeto, no que se refere à questão das despesas, além do suporte que a URCA já vem oferecendo, na hora que ela começa a integrar alguns cursos, como Enfermagem e Educação Física e Química Biológica. Ele afirma que o curso de medicina vai fortalecer a área da saúde da universidade, porque já existem algumas atividades ofertadas. “Vai haver um fortalecimento maior da área de saúde da URCA”, disse ele. 

De acordo com o presidente da comissão, o impacto positivo também é social, porque vai desenvolver o Crato e o Cariri, até mesmo com a criação de um grande centro de atenção básica, resolutivo e que possa estar disponível para toda a população. Esse equipamento vai servir de amparo para outros cursos de medicina como o da UFCA e da Estácio, para que os alunos possam fazer estágios. 

Segundo o Reitor Francisco do O’ Lima Júnior, esse primeiro momento foi muito importante para pegar as impressões do Dr. Carlile Lavor, sobretudo considerações de viabilidade do projeto, o que ele achou das instalações e o que o grupo precisa avançar. Com isso, essa primeira experiência será colocada no projeto, além das articulações necessárias. “Percebemos todos abertos a contribuir com esse grande projeto”, disse ele. 

O Vice-Reitor, Carlos Kleber Oliveira destacou que diversas pesquisas na área médica deverão ser desenvolvidas, e esse trabalho já nasce grande, com atividades de pesquisa e extensão. Em relação à UECE, a partir dessa perspectiva, há o apoio importante para o desenvolvimento desse trabalho. 

O Dr. Carlile disse que esse foi um importante momento para fechar algumas ideias básicas, trazendo o objetivo desse curso na região, mas que também se abre espaço para outras especialidades na área da saúde, para que novos cursos possam vir, fortalecendo também os que já existem. Outro importante aspecto é o desenvolvimento da cidade. Ele finaliza a grande contribuição que o curso de medicina do Crato pode oferecer ao Sistema Único de Saúde (SUS).

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.