Header Ads

Cozinheira morre em Juazeiro após sofrer queimaduras graves

Acidente aconteceu na manhã do dia 27 de setembro na casa dela na Rua Campos Verdes (Pirajá). FOTO: Reprodução/Google Street View
O corpo da cozinheira Maria Ilka Araújo Menezes de Oliveira, de 47 anos, foi necropsiado na manhã desta terça-feira (06), na Perícia Forense de Juazeiro. Ela morreu na noite de ontem num dos leitos do Hospital Regional do Cariri (HRC) em Juazeiro, onde se encontrava em tratamento após sofrer queimaduras graves. 

A mesma residia na Rua Campos Verdes, 14 (Bairro Pirajá) em Juazeiro, onde tudo aconteceu às 10h30min do último dia 27 de setembro, um domingo. Ilka preparava o almoço quando houve um incêndio e ela terminou atingida sofrendo queimaduras em primeiro grau e afetando órgãos vitais. A cozinheira terminou socorrida às pressas pelo SAMU ao HRC, mas faleceu oito dias depois. 

A última morte em consequência de queimaduras na região do Cariri foi no dia 26 de outubro de 2019 quando o agricultor Luiz Cordeiro, de 52 anos, que residia no Sítio Olho D’água na zona rural de Nova Olinda, morreu carbonizado em sua roça. Ele saiu para brocar o terreno no Sítio Queimada naquele município e demorou no retorno. Familiares foram ao local e se depararam com o corpo de Luiz carbonizado.

(Fonte: Site Miséria)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.