Header Ads

Hospital Regional do Cariri conquista 1º lugar em terceiro ciclo do projeto Lean nas Emergências

FOTO: José Wagner

Por Redação Gazeta do Cariri

O Hospital Regional do Cariri (HRC), da Secretária de Saúde do Ceará (Sesa), ficou em primeiro lugar no 3º ciclo do projeto Lean nas Emergências, iniciado em 2019. Considerada um case de sucesso, a unidade conquistou a colocação pela agilidade maior no atendimento a pacientes na Emergência, onde a superlotação foi reduzida em 76%. 

“A conquista desse resultado é fruto de muito esforço e dedicação de toda uma equipe que acreditou no projeto. É preciso envolvimento, tempo e dedicação. Ser o melhor case de sucesso é realmente muito bom, mas melhor ainda é saber que estamos prestando um atendimento ainda mais eficiente para a população”, afirmou Demostênia Rodrigues, diretora-geral do HRC. 

Os resultados alcançados pelo HRC foram apresentados durante o 3º Workshop do Projeto Lean nas Emergências, realizado de forma online na última sexta-feira (23). O Hospital Municipal Dr. José de Carvalho Florence, em São Paulo, e o Hospital Geral de Fortaleza (HGF), unidade da rede estadual, alcançaram o segundo e o terceiro lugares respectivamente. As unidades também apresentaram os êxitos conquistados no evento. Ao todo, 20 instituições participaram do 3º ciclo do Lean. 

Com o Lean, o HRC conseguiu, ainda, reduzir, de dezenove para dez horas, o tempo de permanência do paciente na emergência do hospital, desde a entrada na unidade até a alta. A espera por um leito de internação, que antes poderia durar até três dias, foi reduzida para cerca de quinze horas. “Os resultados alcançados foram além do setor da emergência. Conseguimos refletir os bons resultados em toda a instituição, proporcionando, também, melhor qualidade para os pacientes nas unidades de internação e mais acesso em menor tempo para outros pacientes”, destacou a assessora da Qualidade do hospital, Andressa Saraiva.

Projeto Lean nas Emergências 
O Lean nas Emergências integra o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS), do Ministério da Saúde (MS), e é realizado em parceria com o Hospital Sírio-Libanês, localizado em São Paulo. “Lean”, que em português significa enxuto, é uma metodologia para alinhar toda a organização da unidade e levar qualidade mais rapidamente aos usuários. Até 2020, a meta do projeto no Brasil é que 100 serviços de urgência sejam reestruturados, com 450 profissionais capacitados e 180 protocolos clínicos implantados. 

No Ceará, além do Hospital de Messejana, outras quatro unidades da rede estadual fazem parte do Lean. O Hospital Infantil Albert Sabin (Hias) e o HM estão no quarto ciclo de implantação do projeto. O Hospital César Cals participou do Ciclo 2 do Lean, sendo a primeira emergência obstétrica a ingressar no projeto. Já o Hospital Geral de Fortaleza (HGF) e Hospital Regional do Cariri (HRC) integraram o Lean em ciclos anteriores, com diminuição de extraleitos em 63% e 70% respectivamente. A participação das unidades reforça o compromisso do Estado em promover uma saúde integrada com resolutividade.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.