Header Ads

Insatisfação com planos faz 52,3 mil cearenses trocarem de operadora no 3° tri; saiba como fazer


A insatisfação com os planos das operadoras de telefonia levou 52,30 mil cearenses a realizarem a solicitação de portabilidade numérica no 3° trimestre deste ano, segundo os dados do relatório trimestral da Associação Brasileira de Recursos em Telecomunicações (Telecom). Neste período, muitas empresas ainda estavam em regime de teletrabalho e com aulas remotas, o que requer uma melhor qualidade nos planos de telefonia. Com isso, o resultado foi  88,87% superior ao visto no 2° trimestre de 2020, quando foram realizadas 27,69 mil solicitações, uma diferença de 24, 61 mil pedidos. 

De julho a setembro deste ano, dos usuários insatisfeitos, a maioria foram de telefones móveis, que responderam por 87% das operações, o que significa um total de 45,57 mil. Já os usuários de telefones fixos, respondem a 13% das transferências, com 6,72 mil. A portabilidade numérica permite que os usuários sejam transferidos para outra operadora telefônica, mas permanecendo com o mesmo número. 

Resultados
O número de solicitações deste ano também foi 15,09% superior ao visto em igual período de 2019, quando foram realizadas 45,44 mil solicitações de julho a setembro. Ao todo, 36,10 mil foram efetuadas para telefones móveis, o que responde a cerca de 79% das transferências e, 9,34 mil para telefones fixos, que corresponde a 21%. 

A alternativa de mudar de operadora, sem perder o número, passou a ser implantada no País em 2008. Desde que a portabilidade numérica passou a fazer parte dos serviços telefônicos dos DDDs 85 e 88, que correspondem aos DDs do Ceará, os usuários já efetuaram 1,10 milhão de ações de portabilidade numérica. 

Ao longo destes 12 anos, foram realizadas cerca de 715,30 mil alterações de números para telefones móveis, cerca de 65% das operações e 392,18 mil para usuários de telefones fixos, 35% das transferências. 

Brasil 
No País, neste 3° trimestre do ano foram efetuadas cerca de 2,22 milhões de trocas de operadoras. Nesse período, 334,94 mil foram realizadas por usuários de terminais fixos, enquanto 1,88 milhão por titulares de telefones móveis, o que corresponde a 15% e 85%, respectivamente. 

Desde 2008, o Brasil já concluiu mais de 62,23 milhões de transferências, sendo 17,95 milhões (29%) de migrações por usuários de telefones fixos e 44,27 milhões (71%) de usuários de telefonia móvel. 

Veja passo a passo para fazer a portabilidade numérica:
O primeiro passo para realizar o processo de portabilidade numérica, o usuário deve procurar a operadora para onde ele deseja fazer a migração e efetuar a solicitação. Entre as informações que o usuário precisa fornecer, estão: 
Informar à operadora de telefonia que recebe o pedido, o nome completo; Comprovar a titularidade da linha telefônica; Informar o número do documento de identidade; Informar o número do registro no cadastro do Ministério da Fazenda, no caso de pessoa jurídica; Informar o endereço completo do assinante do serviço; Informar o código de acesso; Informar o nome da operadora de onde está saindo. 

Após feito o pedido, a operadora para a qual o usuário deseja migrar irá fornecer um número de protocolo da solicitação a fim de que ele possa acompanhar o processo de transferência. 

O prazo do processo de migração é de três dias úteis após a data do pedido. Para desistir da portabilidade numérica, o usuário tem dois dias úteis, após a solicitação de transferência, para suspender o processo de migração.

(Fonte: Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.