Header Ads

Letalidade da covid-19 entre idosos é de 80% no Cariri


A pandemia do novo coronavírus causou a morte de 705 pessoas na região do Cariri. Deste total, 566 pessoas que perderam a vida tinham idade acima de 60 anos. Assim, 80,28% das mortes em decorrência da covid-19 são de idosos nesta faixa etária. A quantidade de crianças e adolescentes, com idade até 19 anos, é de 0,71%, com cinco óbitos; o número de jovens de 20 a 30 anos é de 2,27%, com 16 mortes; e o de adultos na faixa de idade dos 31 aos 59 anos, que totaliza 127 pessoas que perderam a vida, representa 18,01% do total de óbitos nas 29 cidades do Cariri. 

Na avaliação da médica Natália Parente, a maior incidência de óbitos em decorrência da covid-19 entre idosos acima dos 60 anos pode ser decorrente de uma combinação de fatores, como sistema imunológico deficiente, fragilidade de pulmões e mucosas e idas mais frequentes a hospitais. A médica revela ter tratado alguns pacientes jovens que apresentaram sintomas brandos ou mesmo não tiveram sinais da doença. 

“A maioria dos pacientes com idade entre 20 e 35 anos, monitorados pela suspeita da doença ou já com a covid-19 confirmada, apresentaram sintomas leves ou mantiveram-se totalmente assintomáticos no curso de 14 dias de acompanhamento”, detalha. Contudo, a profissional enfatiza que, mesmo sem sintomas, as pessoas infectadas são um perigo em potencial para familiares idosos. 

Mesmo diante da diferença percentual entre jovens e idosos, a médica Natália Parente diz que as medidas de prevenção ao novo coronavírus “são extensivas a toda a população”, independente da idade. “Por isso, para quem tem idoso em casa, deve ter a atenção redobrada e evitar tornar-se um potencial transmissor, mantendo a higienização frequentemente das mãos, distanciamento social e uso de máscara”, alerta a profissional.

(Fonte: Jornal do Cariri)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.