Header Ads

Na Série B do Cearense, Campo Grande faz sete substituições; árbitro só é alertado ao fim do jogo

Estádio Mirandão

A rodada inaugural da Série B do Campeonato Cearense trouxe curiosidades dentro das quatro linhas. No duelo contra o Crato no Estádio Mirandão, o Campo Grande realizou sete substituições em relação ao time que começou jogando. O árbitro Juceando Francisco de Sousa relatou em súmula que a situação inusitada foi revelada pelo presidente do próprio Campo Grande, Suaréz Leite Machado. O jogo terminou 2 a 1 para o Crato 

As substituições feitas pelo Campo Grande que não foram relatadas para o árbitro aconteceram durante o intervalo. Saíram José Gabriel e Samuel e entraram Ralf e Haitiano, respectivamente. Segundo o regulamento geral de competições da Federação Cearense de Futebol (FCF), são permitidas apenas cinco trocas durante os 90 minutos da partida. 

A FCF informou que todas as súmulas das partidas são enviadas para análise do Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol do Ceará (TJD-CE), e que o órgão fica responsável por aplicar sanções ao time em caso de irregularidades.


Confira a súmula do jogo: 
"Informo que logo após o termino da partida, o então presidente da equipe Associação Esportiva Campo Grande Futebol Clube, o Sr. Suaréz Leite Machado, veio ao vestiário da arbitragem e indagou quantas substituições poderiam ser feitas durante o jogo. Imediatamente eu e minha equipe de arbitragem dissemos que seria no máximo 05 ( cinco) substituições, obedecendo três atos para realizá-las, e que no intervalo não contaria como ato, conforme especificado no regulamento da competição. O presidente do clube nos afirmou que 02 (dois) atletas foram substituídos no intervalo da partida (sem nosso conhecimento) e 05 (cinco) no decorrer do segundo tempo de jogo, esses com as devidas papeletas assinadas pelo Sr. Cícero Ewilton Sérgio Cordeiro (auxiliar técnico do clube)".

(Fonte: Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.