Header Ads

Safra agrícola do Ceará cresce 8,3% e atinge R$ 2,91 bilhões em 2019

FOTO: Honório Barbosa
A safra agrícola cearense apontou um crescimento de 8,3% no ano passado e ocupa a 5º posição no ranking entre os estados do Nordeste. O valor das principais culturas do Estado alcançou o montante de R$ 2,91 bilhões, os dados são referentes a  Pesquisa Agrícola Municipal de 2019 (PAM), divulgada hoje (01) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

De acordo a pesquisa, o resultado teve forte contribuição do crescimento das seguintes culturas: banana (14,6%), tomate (14%), maracujá (11,2%), milho (10,4%), feijão (9%), castanha de caju (8.8%) e mandioca (6,6%). 

Em relação aos municípios, Guaraciaba do Norte foi o que registrou maior valor da produção agrícola em 2019. O município corresponde por cerca de  7% do valor total do estado, com um montante de R$ 205 milhões, um crescimento de 41% em relação a 2018. 

Área Colhida 
Em relação a área colhida, o Ceará teve 1,4 milhão de hectares e ocupou o 4º lugar entre os estados do Nordeste, a mesma posição do ranking foi vista em relação a área plantada. Entre os anos de 2018 e 2019, o Ceará foi o que mais perdeu área colhida em extensão, com redução de 103 mil hectares, o que representa uma queda de 7,1%. 

País 
A produção agrícola nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas somou em 2019,  243,3 milhões de toneladas, alta de 6,8% em comparação a 2018, com valor de produção recorde de R $361 bilhões e expansão de 5,1% sobre o ano anterior. 

O destaque foi para o milho, que ultrapassou pela primeira vez 100 milhões de toneladas. A cultura do milho registrou 101,1 milhões de toneladas em 2019, mostrando aumento de 22,8% em relação à safra anterior. O algodão herbáceo (em caroço) também atingiu recorde de 6,9 milhões de toneladas, incremento de 39,1%, enquanto a cana-de-açúcar apresentou recuperação frente a 2018, com crescimento no valor de produção de 5,3% no ano passado. 

A área plantada no país totalizou 81,2 milhões de hectares (evolução de 3,3%), destacando aumento de 1,2 milhão de hectares para o cultivo de milho e de 1,1 milhão de hectares para cultivo da soja. A área colhida em 2019 foi de 80,6 milhões de hectares, com crescimento de 3,5% ante 2018.              (Diário do Nordeste / Agência Brasil)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.