Header Ads

Setembro tem o maior registro de casamentos civis em 2020 no Ceará

Paula Suzelle e Bruno Caetano mudaram planos de
casamento diante da alta no número de cerimônias
FOTO: Arquivo Pessoal

Depois de um período de baixa procura por conta da pandemia, o número de casamentos civis voltou a crescer no Ceará. Setembro registrou a maior quantidade de cerimônias realizadas este ano, com 2.382 uniões oficializadas. A soma é maior que o número de uniões civis contabilizadas em igual mês no ano passado quando foram celebrados 2.068 casamentos. 

Os dados são da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil) e sinalizam um retorno progressivo dos registros de união civil no Ceará em meio à pandemia de Covid-19. Nas estimativas do órgão, setembro superou o mês de janeiro que, com 2.152, se mantinha como o de maior acumulado de casamentos em 2020. 

Ainda segundo a Arpen, em abril - 1º mês com medidas de isolamento mais rígidas por conta da pandemia - foianotada a menor procura de 2020, com apenas 414 cerimônias realizadas. A redução continuou durante os meses de maio e junho, com 563 e 948 casamentos oficializados, respectivamente. 

Quando se compara a quantidade de cerimônias realizadas em abril e setembro, no Ceará, o crescimento das oficializações fica mais expressivo. O número de casamentos civis neste período aumentou aproximadamente 475%.

Em 2020, o fluxo só voltou a superar a casa das mil cerimônias mensais a partir de julho, quando 1.675 casais buscaram os cartórios para registrar a união. A procura foi mantida no mês seguinte, em agosto, com 1.672 casamentos realizados. Durante o mês de outubro, até ontem, 1.168 cerimônias civis foram concluídas, enquanto em igual período do ano passado, 1.303. 

No somatório total, entre janeiro e 19 de outubro de 2019, foram 19.301 casamentos. O acumulado deste ano, 13.960, é 27,6% menor que o registrado anteriormente.

(Fonte: Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.