Header Ads

Suspeito de estupros em série em Beberibe atraía vítimas com emprego e celular


A Polícia Civil do Ceará (PCCE) divulgou, na manhã desta terça-feira (20), que o caseiro suspeito de cometer estupros em série em uma casa de veraneio, no distrito de Sucatinga, em Beberibe, é Matheus Bruno Rocha Gomes, de 24 anos, sem antecedentes criminais. 

Segundo a Instituição, o jovem atraía as vítimas com promessas de emprego ou bens materiais, como aparelhos celulares e dinheiro. Ao saber que estava sendo investigado, Matheus Bruno ainda passou a ameaçar as mulheres. 

O caseiro foi preso em flagrante por policiais civis da Delegacia Municipal de Beberibe, após estuprar uma jovem de 18 anos, no último dia 14 de outubro. Ele é suspeito de estuprar mais cinco pessoas: duas mulheres de 21 anos e três adolescentes, sendo duas de apenas 13 anos e uma de 15 anos. 

Os crimes aconteciam na casa de veraneio onde Matheus trabalhava. Ele chamava as jovens para o local para realizar um trabalho doméstico e as estuprava, segundo as investigações. No caso das adolescentes, ele atraía com a promessa de dar um aparelho celular. 

Ameaça de divulgação de vídeos 
Conforme a Polícia Civil, Matheus Bruno filmava os crimes e ameaçava as vítimas de divulgar os vídeos em redes sociais, caso as mesmas não continuassem se encontrando com ele. Existem casos ainda que o suspeito exigia dinheiro das mulheres para não realizar a divulgação. Uma delas pagou R$ 200 para isso. 

A Polícia Civil ressalta que a população da região pode contribuir com as investigações ao repassar informações. As denúncias podem ser feitas para o número (85) 3338.2590, da Delegacia Municipal de Beberibe. O sigilo e o anonimato são garantidos pela Instituição.

(Fonte: Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.