Header Ads

Urânio no Ceará: Governo coleta amostras de solo e água


Duas semanas e meia depois da assinatura do memorando entre o Governo do Estado e o Consórcio Santa Quitéria, amostras de água e solo da região de Santa Quitéria voltam a ser coletados pela Coordenadoria de Vigilância Ambiental e Saúde do Trabalhador da Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa). 

Os trabalhos visam "proteger a saúde da população e evitar a exposição a locais que possam emitir radiações ionizantes", segundo afirma o orientador da Célula de Vigilância Ambiental da Sesa, Sérgio Murilo Martins, em material publicado pela Secretaria. 

Segundo o texto, o início da coleta foi em 2019, "quando onze amostras de água e sete de solo foram recolhidas". “Na primeira fase do trabalho, entre os dias 7 e 9 de outubro, foram realizadas sete coletas ambientais de água e três de solo em mananciais próximos à mina de urânio e nas divisas entre os municípios de Santa Quitéria, Itatira e Boa Viagem. 

Na segunda fase, do dia 14 a 16 de outubro, serão realizadas seis coletas ambientais de água e solo nas proximidades da sede do município de Santa Quitéria e Varjota”, explica Martins.

Projeto 
Os locais estão sob a área de influência da mina de Itataia, de onde a Galvani e a Indústrias Nucleares do Brasil (INB), que formam o Consórcio Santa Quitéria, devem extrair urânio e também fosfato. A reserva encontrada na cidade a 220 quilômetros de Fortaleza é considerada uma das maiores do País. 

Remodelado, o projeto ainda prevê o investimento de US$ 400 milhões e a geração de aproximadamente 2,5 mil empregos, entre diretos e indiretos. A previsão para os testes pelo Consórcio é de que o grupo de biólogos e zootecnistas cheguem à região entre outubro e dezembro. 

Análise do Nutec 
Já as amostras coletadas pela equipe da Sesa devem ser analisadas pela Fundação Núcleo de Tecnologia Industrial (Nutec). Os resultados e as próximas etapas do trabalho desenvolvido pelo Governo do Estado não foram reveladas ainda.

(Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.