Header Ads

Agricultor caririense derrota atual prefeita e se torna primeiro eleito pelo PSOL


O agricultor Edson Veriato (PSOL), de 34 anos, foi eleito prefeito de Potengi no último domingo (15). Com uma votação expressiva, ele foi escolhido para comandar os destinos da cidade, que tem uma população estimada em 11.106 pessoas, ao receber 3.457 votos (58,89%) contra 2.318 (39,49%) da atual prefeita Alizandra Gomes (PT). Edson se tornou o único candidato do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) eleito no Ceará. O novo gestor ainda garantiu maioria na Câmara Municipal: terá apoio de cinco dos nove vereadores. Ao se candidatar para o pleito de 2020, Edson Veriato declarou não possuir bens à Justiça Eleitoral. 

Às vésperas das eleições, no sábado (14), Veriato recebeu apoio de Samuel Carlos Tenório (PSD), então terceiro candidato a prefeito daquela cidade. “Estava de casa em casa, em campanha, quando o grupo dele me procurou. Ele viu que não tinha condições”, disse o prefeito eleito, acrescentando que o apoio foi espontâneo e livre de acordos caso fosse eleito, como de fato ocorreu. O apoio foi classificado como traição pela atual prefeita Alizandra Gomes. 

A trajetória política dele foi focada na participação em movimentos e associações estudantis e de representação de comunidades locais. Além de agricultor, o novo prefeito também é radialista e ativista comunitário e já havia sido candidato a vereador, nas eleições de 2016, cargo que haveria de ocupar caso tivesse obtido mais 11 votos. Em 2018, candidatou-se a deputado federal, também pelo PSOL. 

As eleições deste ano, em Potengi, contabilizaram 18,29% de abstenção, totalizando 1.389 pessoas que deixaram de ir às urnas. A quantidade de eleitores que deixaram de votar em 2020, no entanto, é inferior à abstenção registrada no pleito de 2016, quando 1.688 (21,54%) eleitores.

(Fonte: Jornal do Cariri)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.