Header Ads

Ceará tem 16 mil testes de Covid que vencem em dezembro; Secretaria afirma que não há prejuízo

FOTO: AFP

O Ceará tem em estoque 170 kits de testes RT-PCR para Covid, os exames moleculares, prestes a vencerem nos dias 15 e 21 dezembro, segundo a Secretaria Estadual da Saúde (Sesa). No total, são 16.320 mil testes, pois cada kit, segundo a Pasta, tem 96 testes. Os exames foram repassados pelo Ministério da Saúde, mas, a Sesa assegura que “não haverá prejuízo, já que, que por dia são utilizados 20 kits”. 

A polêmica sobre a validade dos testes da Covid ganhou repercussão após vir à tona a informação que Ministério da Saúde armazena, em São Paulo, um estoque com 6,86 milhões de exames que podem perder validade até janeiro de 2021. 

O SVM questionou a Sesa sobre quantos testes devem vencer ainda esse ano no estoque do Ceará e quantos perderão a validade em janeiro. Mas, a pasta, em nota, informou somente a quantidade dos kits que vencem no próximo mês. 

O RT-PCR é feito com base em amostras da região do nariz e da garganta do paciente e indica o vírus ativo. Esse tipo de teste é considerado o padrão ouro na testagem por ser o de maior precisão para o diagnóstico da Covid-19. 

De acordo com a Sesa, no Ceará, durante a pandemia, o Governo do Ceará adquiriu com recursos próprios 300.000 unidades de testes rápidos e 51.032 exames de RT-PCR. Já o Ministério da Saúde, diz a nota, “enviou 516.384 testes para diagnóstico da Covid-19 de março a novembro”. Do total de exames repassados pelo Governo Federal 337.800 são testes rápidos, com validade para março de 2021; e 178.584 são RT-PCR. 

Estado realiza mais de 2 mil testes por dia
Em relação ao estoque de testes, a Sesa diz que “é um número que varia constantemente, de acordo com o recebimento de insumos adquiridos pelo Estado ou enviados pelo Ministério da Saúde”. 

No Ceará, conforme dados do Integrasus até a tarde desta quarta-feira (25), plataforma digital da Sesa, já foram feitos mais de 1,1 milhão de testes para a doença. Destes, 557 mil foram testes rápidos, 399 mil RT-PCR e os demais foram de outros tipos. 

Atualmente, afirma a pasta, em média, são feitos 2.300 testes por dia no Estado. Esse número considera somente os realizados no Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce) e no Laboratório Central de Saúde Pública do Ceará (Lacen). A conta não inclui os testes feitos pela Fiocruz e as instituições privadas.

(Fonte: Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.