Header Ads

Ceará ultrapassa a marca de 300 mil casos confirmados de Covid-19

Cenário de pandemia persiste nas cidades brasileiras.
FOTO: Nilson Porcel

O Ceará ultrapassou a marca de 300 mil casos confirmados de Covid-19. Até a manhã desta segunda-feira (30), são 300.627 casos e 9.612 óbitos em decorrência da doença. O número de casos recuperados é de 250.543. Os dados são da plataforma IntegraSUS, da Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa), atualizada às 12h28. 

A marca de 200 mil casos no Ceará foi ultrapassada em 19 de agosto, há 103 dias. A marca de 150 mil casos foi superada em 21 de julho. Os 100 mil diagnósticos positivos foram confirmados em 25 de junho, há 158 dias. As primeiras ocorrências da doença no estado foram confirmadas em 15 de março, há 260 dias. 

O Ceará é um dos estados onde a média móvel de mortes está em alta, segundo o consórcio de veículos de imprensa do qual o G1 faz parte. Essa comparação leva em conta a média de mortes nos últimos 7 dias até a publicação deste balanço em relação à média registrada duas semanas atrás. A alta no estado é de 239%, a maior do país. 

Existem ainda 38.415 casos suspeitos da doença. O número de casos notificados é de 948.360. Já foram realizados 1.143.832 testes para identificar o novo coronavírus.

As incidências de casos confirmados, em números proporcionais a 100 mil habitantes, são registradas nas cidades de Acarape (12.814,5), Frecheirinha (10.936,6), Crateús (8.458,3), Groaíras (7.237,1) e Quixelô (7.108,4). 

Fortaleza tem o maior número absoluto de casos: 68.764. A capital registra incidência de 2.576,1 e já confirmou 3.987 óbitos pela doença, também o maior número do estado. 


No Cariri, as cidades com os maiores números de casos são Juazeiro do Norte (16.538) e Crato (7.814). Juazeiro do Norte tem incidência de 6.031,2 e tem 307 óbitos pela enfermidade. Em Crato, a incidência de casos é de 5.914,2 e 100 pessoas morreram pela Covid-19. 

Sobral, na Região Norte, tem o terceiro maior índice absoluto de casos, 12.700, e óbitos, 318. A incidência na cidade é de 6.078,4. 

Na macrorregião de saúde de Fortaleza, o número de ocorrências da doença se destaca em Maracanaú (8.056), Caucaia (6.507) e Maranguape (5.457). Em Maracanaú, 258 casos evoluíram para a morte e a incidência é de 3.535,1. 

Caucaia já confirmou 360 falecimentos pela doença e tem incidência de casos de 1.800,5. Maranguape registra incidência de 4.231 e contabiliza 119 vidas perdidas pela Covid-19.

(Fonte: G1 CE)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.