Header Ads

Ministério da Saúde prorroga custeio de 27 leitos de UTI para tratamento de pacientes com a Covid-19 no Ceará; 7 são no Cariri


O Ministério da Saúde prorrogou, nesta quinta-feira (12), o custeio da manutenção de 27 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto no Ceará para tratamento de pacientes com a Covid-19. São 10 leitos alocados no Hospital Geral de Fortaleza (HGF), outros 10 no Hospital São Vicente, em Iguatu, no Centro-Sul e 7 no Instituto Madre Teresa de Apoio à Vida (Imtavi), em Brejo Santo, no Cariri, totalizando um investimento de R$ 1,2 milhão. 

Conforme o Ministério da Saúde, cada leito de UTI exclusivo para o atendimento aos pacientes com Covid-19 custa diariamente o dobro do valor habitual para leitos de UTI, passando de R$ 800 para R$ 1.600. Em todo o país já foram prorrogados 11.908 leitos de UTI com investimentos de R$ 570,1 milhões. 

Outros nove estados, sendo eles Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Bahia, Minas Gerais, Piauí, Goiás, Rio Grande do Norte e São Paulo, também foram contemplados com a prorrogação dos leitos. O custo total foi de R$ 31,7 milhões. 

O Ceará já registra 282.791 casos confirmados de Covid-19 e 9.432 mortes pela doença. Fortaleza tem o maior número de casos: 60.318. A capital concentra ainda o maior número de óbitos, 3.918 , e registra incidência de casos de 2.259,7, conforme boletim da Secretaria da Saúde (Sesa) divulgado na manhã desta sexta-feira (13).

(Fonte: G1 CE)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.